Janaina Nogueira

6 de janeiro de 2022

Compartilhar

Saiba como criar um e-commerce com pouco dinheiro [Guest Post]

4 min de leitura

Abrir um negócio próprio é o sonho de muita gente, podemos dizer que o medo de faltar dinheiro é a trava que faz muitos empreendedores ficarem para trás. Pensando assim, de quanto você acha que precisa para começar um e-commerce?

Continue a leitura desse artigo, para entender o que você precisa para montar um e-commerce com pouco dinheiro

Por que abrir um e-commerce é mais barato?

Primeiramente, você precisa saber que abrir um e-commerce é mais barato que um negócio físico. Isso porque ao montar sua loja virtual você pode comandar toda a operação de casa, reduzindo qualquer custo que você iria arcar se fosse vender através de uma loja física, como o aluguel de um espaço e outras contas.

Outro ponto relevante é que você não precisa ter uma equipe para começar, diferente de outros negócios, é possível iniciar no e-commerce sozinho, ao menos por algum tempo.

Você também tem baixo investimento em estoque. Ao abrir uma loja física, seria necessário ter todos os itens na prateleira. No e-commerce, é possível vender seus produtos sob demanda. 

Além disso, o e-commerce te dá a oportunidade de fazer paralelo com um emprego. Desse modo, não será necessário sair do seu emprego atual para começar a empreender do zero.

Afinal, quanto custa abrir um e-commerce?

Como o assunto é: criar um e-commerce com pouco dinheiro, você precisa saber qual o mínimo de capital necessário para iniciar seu negócio. 

No entanto, isso depende de algumas questões como qual produto você pretende vender. Só após determinar isso, você pode começar a estipular a quantia necessária para cobrir as despesas iniciais do seu estoque. Geralmente esse é o maior custo que os empreendedores têm para abrir um e-commerce.

Nesse caso, uma alternativa viável, é fazer um acordo com seu fornecedor. Por exemplo, iniciar uma parceria com pedidos sob demanda, conforme as vendas. E para montar sua operação, você precisa colocar todos os custos em um papel, para ter uma noção do que precisa adquirir antes de abrir um e-commerce e vender seus produtos.

5 passos para abrir um e-commerce

Abrir um e-commerce exige paciência e esforço, assim, você pode criar um e-commerce com pouco dinheiro, porém, consistente, forte e de sucesso. Veja as etapas essenciais para a criação, a seguir:

  1. Definições iniciais: o primeiro passo é definir o tamanho do seu negócio, que pode ser baseado no seu orçamento, diferencial competitivo em relação à concorrência, entre outras coisas.
  1. Pesquisa de mercado: ela guiará o seu planejamento dos mecanismos elaborados para vender e divulgar no seu e-commerce. Nesta pesquisa, você poderá analisar o público, a concorrência, o produto, o contexto mercadológico e todos os aspectos que refletem o seu segmento de mercado.
  1. Planejamento: serve para mapear as melhores oportunidades de mercado, avaliar os riscos, entender a estrutura para fazer o seu negócio funcionar, definir o investimento e também os custos da empresa.
  1. Fornecedores: busque bons fornecedores e tenha, ao menos, 2 ou 3 opções para cada produto. Assim, seu estoque não dependerá de apenas 1 fornecedor, garantindo a saúde do seu e-commerce.
  1. Divulgação: após criar um e-commerce, é preciso divulgá-lo. Para isso, você deve investir no marketing digital para criar estratégias adequadas ao seu negócio e atraentes para o seu público-alvo.

Nesse texto, você aprendeu como abrir um e-commerce com pouco dinheiro. Seguindo nossas dicas que são indispensáveis para o sucesso do seu negócio e estudando muito sobre o e-commerce e marketing digital, você pode alcançar seu objetivo. Comece agora mesmo!

Últimas postagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *