Gustavo Perina

21 de janeiro de 2021

Compartilhar

Como fazer SEO para lojas virtuais

6 min de leitura

A melhor forma de atrair clientes para sua loja virtual é através das buscas pagas (anúncios no Google, Facebook e Instagram) e por meio das buscas orgânicas, usando estratégias SEO (Search Engine Optimization).

O SEO é um conjunto de técnicas utilizadas na otimização de conteúdos (usando da meta title e meta description) para que os produtos de sua loja virtual possam aparecer nas primeiras páginas do Google pela busca orgânica, de preferência na primeira página, sem a necessidade de efetuar pagamento para a exibição de anúncio.

A plataforma de e-commerce que você selecionar para o seu negócio deve ser amigável e conversar bem com os mecanismos de busca, em especial, o Google, já que mais de 70% das buscas na internet são feitas no Google Search. Para que isso seja possível, sua plataforma deve ser bem codificada, e atender os requisitos de SEO. Dessa maneira, sua loja virtual terá possibilidade de aparecer melhor ranqueada nas buscas.

Uma plataforma de e-commerce com recursos de SEO melhora a conversão do seu e-commerce. Funcionalidades que proporcionam uma URL amigável e otimizada, e uma meta description com palavras-chave que alavancam seu site no rankeamento dos buscadores, são as melhores amigas do seu negócio.

O que é SEO?

O SEO é a otimização de sites para motores de busca. Trata-se de um conjunto de estratégias que visam potencializar e melhorar o posicionamento de um determinado site em páginas de busca online, como o Google.

Resumindo, toda vez que uma página é publicada na internet, os buscadores procuram indexá-la de modo que ela seja encontrada por quem a procura no ambiente virtual. Dessa forma, uma vez que a concorrência é grande – pois todos os dias são publicadas milhares de páginas - , o SEO é a ferramenta que ajuda a manter sua página em destaque nesse mar de possibilidades.

As técnicas de SEO visam otimizar sua loja virtual para os robôs dos mecanismos de busca, influenciando o algoritmo para que o site esteja entre as primeiras colocações do ranking, utilizando as palavras-chave corretas, escolhidas estrategicamente.

Como melhorar o SEO da sua loja virtual?

Quando o assunto é SEO, muitos lojistas ficam perdidos, sem saber por onde começar esse processo de otimização. Neste sentido, é importante ficar atento a alguns itens que devem ser melhorados para que o resultado nos buscadores seja mais satisfatório:

1. Pesquisa de palavras-chave

A pesquisa de palavras-chave é essencial para ter relevância dentro do nicho de atuação do seu produto. Se você trabalha, por exemplo, com um e-commerce de moda que vende roupas femininas, você deve entender o que as mulheres mais pesquisam quando procuram pelos produtos no Google. Muitas vezes a especificação técnica, como tecido ou corte da peça, não é tão importante para uma pessoa que busca “vestido azul para festa”.

Para ajudar você na pesquisa dessas informações, as ferramentas Google Keyword Planner, Google Trends e SemRush são essenciais e podem contribuir muito no SEO da loja virtual.

2. Domínio

A relação entre domínio e palavras-chave é um grande fator de relevância, pois quanto mais relacionados eles forem, maior a chance de ser relevante para o nicho de atuação.

Caso você já tenha um domínio contratado, você pode fortalecer a ligação, mencionando a palavra-chave no meta title e na meta description da loja virtual. No caso de uma loja de roupas femininas, se ela tiver “mulher” – como é o caso das lojas Marisa, por exemplo – ou “feminina” no domínio ou meta title, isso contribuirá para a sua relevância nas buscas e o SEO para loja virtual será beneficiado.

3. Meta Title e Description da loja virtual

O título de uma página não é necessariamente o mesmo que aparece na página do produto, mas uma propriedade do código HTML que aparece nas buscas e na aba do navegador, chamada de meta title. Esse é um elemento essencial no SEO para a loja virtual, por isso é importante usar as palavras-chave (as Keywords) corretas e prestar atenção na relevância de cada palavra utilizada.

Além disso, quando você faz uma pesquisa, o buscador exibe um pequeno resumo logo abaixo do título. Este resumo se chama meta description (ou descrição da página) e influencia a taxa de cliques no seu link, pois aparece antes mesmo de alguém entrar no seu site, o que, por consequência, também é uma métrica para a relevância do seu link.

No SEO para loja virtual de roupas femininas, por exemplo, se você deseja vender vestidos de festa é preciso que isso seja comunicado em diversas partes do seu site. Para que o seu rankeamento orgânico seja relevante é importante trabalhar com a descrição mais específica possível, pois palavras-chave muito curtas não costumam ter um bom posicionamento.

Portanto, na sua descrição e título, é mais assertivo colocar “vestido de festa e formatura” do que apenas “vestido”.

4. Nome e descrição dos seus produtos

O nome do produto trabalha com as seguintes perguntas: "O que? Do que é feito? Que cor? De quem é?". Quanto mais informações estiverem na descrição e no nome do produto, como cor, matéria-prima, marca, mais amigável será na hora das pesquisas.

Além disso, a URL é um dos primeiros elementos identificados pela varredura do Google. Por isso, páginas que tenham um domínio e uma URL de produto com autoridade, possuem uma chance muito maior de se destacarem no rankeamento dos buscadores do que aquelas cheias de números e letras irrelevantes. Quanto mais limpo for a URL, melhor para os buscadores.

Para acrescentar, a descrição dos produtos deve conter todas as informações necessárias sobre o produto, usando as palavras-chave que foram pesquisadas com antecedência.

5. Cadastre-se nas ferramentas do Google

É importante também investir em ferramentas do Google voltadas ao SEO para lojas virtuais, como Google Search Console, PageSpeed ​​Insights, Google Keyword Planner, entre outros. Quanto mais presença o domínio da loja virtual tiver no Google, mais chances dos robôs não demorarem a ranquear sua página.

Para isso, é importante fazer a configuração do domínio no Google Search Console, uma ferramenta de SEO para loja virtual que permite identificar problemas de SEO e entender a forma como o Google enxerga a sua página. Além disso, o Google Analytics também é muito importante para acompanhar os resultados da estratégia de SEO.

Finalmente, depois de observar tudo o que é necessário para um bom SEO para a loja virtual, é imprescindível lembrar que este é um trabalho constante, focado na entrega do melhor resultado para o usuário, de modo que o desejo dele seja sempre voltar ao seu e-commerce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *