Gestão

Como organizar o estoque do seu e-commerce e vender mais

A crise causada pela pandemia do coronavírus mudou alguns hábitos de consumo, já que as pessoas passaram a comprar menos […]

Como organizar o estoque do seu e-commerce e vender mais

A crise causada pela pandemia do coronavírus mudou alguns hábitos de consumo, já que as pessoas passaram a comprar menos produtos considerados supérfluos, para comprar itens essenciais, como alimentos (que teve alta de 126%), produtos de limpeza e os famosos álcoois em gel e máscaras. Além de estocar mais esse tipo de produto, a economia com relação aos outros tipos de itens se dá devido ao receio de instabilidade por causa da crise.

É claro que além dos produtos essenciais, alguns outros setores também foram favorecidos, como o de streaming, ou o de aulas de exercícios físicos online, entre outros serviços que possibilitam mais lazer dentro de casa e ajudam a manter a saúde física e mental neste período de pandemia.

Apesar dos e-commerces estarem aumentando devido a vantagem que eles têm nesse período em relação às lojas físicas, isso não significa que as vendas continuaram crescendo por conta desse receio que as pessoas têm em relação a gastos com alguns tipos de produtos. De acordo com a Fecomércio – SP, em abril, a proporção de empresários que disse estar com excesso de estoque é de 27%.

Por isso, se você deseja reduzir o estoque do seu e-commerce e libertar o supply chain da sobrecarga, saiba que existem algumas ações que podem te ajudar a solucionar esse problema. São elas:

INVESTIMENTO NA ECONOMIA COLABORATIVA

A pandemia despertou diversos sentimentos e sensações em todos nós, algumas pessoas ficaram apáticas, outras tristes e algumas optaram por ajudar os outros e colaborar para um bem maior, e as empresas não devem agir diferente. A Economia Colaborativa, além de ajudar demais empresas neste momento difícil, pode colaborar com a sua empresa a lidar com o estoque. 

Portanto, você pode trabalhar com seus fornecedores para cancelar pedidos ou postergá-los, outra atitude interessante é pesquisar fornecedores que permitam devolver mercadorias, especialmente se tratando de estoque básico, que pode ser reordenado e vendido posteriormente. Mesmo isso não sendo algo simples, vale negociar com os parceiros e buscar um modelo que seja benéfico para ambas as partes nesse momento difícil.

Saiba mais: E-commerce como solução de muitos na crise, clique aqui!

REALIZAÇÃO DE PROMOÇÕES COM SEU ESTOQUE

Uma boa forma de não ficar com o estoque parado é investir em promoções! Tais como o desconto em certos produtos ou categorias, frete grátis e cupons de desconto. E para que elas sejam realmente efetivas, é importante que as promoções sejam divulgadas nas redes sociais, aplicativos, campanhas e por e-mail marketing, assim mais pessoas ficarão a par de suas condições especiais e mais compras serão realizadas.

Além de divulgar por conta própria, você pode também utilizar a economia colaborativa para ampliar a divulgação de suas promoções. Isso quer dizer que as redes de varejo físico têm a possibilidade de compartilhar sua base de clientes com as empresas de e-commerce, dando a possibilidade das lojas virtuais fazerem campanhas direcionadas especificamente para tais bases, customizando a abordagem e aumentando a possibilidade de conversão. Trabalhando neste modelo, você poderá ter um controle maior de suas vendas, facilitando a organização do estoque e a demanda por fornecedores.

ESTOQUE E EXECUÇÃO DE ENTREGAS NO MESMO DIA

Oferecer entrega de produto no mesmo dia da compra é uma ótima estratégia para diminuir o estoque e agradar o consumidor! Entregas no mesmo dia são mais atrativas e cativam até mesmo as pessoas que preferem as lojas físicas pela rapidez na obtenção do produto. Por isso, muitos empresários já estão adotando essa tática.

Saiba mais: O poder da integração de canais, clique aqui

Em tempos de crescimento do número de e-commerces, mostrar o diferencial da rapidez na entrega pode ser essencial para a sua loja sair na frente da concorrência e conquistar o cliente. Isso tudo, é claro, ainda ajuda a resolver o problema do estoque lotado.

CONSIDERAÇÃO DE DOAÇÕES

A crise afeta muitas famílias que já não tinham tão boas condições e perdem toda ou parte da renda que haviam. Além disso, muitos hospitais que estão chegando no limite de ocupação também precisam de alimentos, produtos de limpeza e de higienização. Assim, as doações, principalmente nesse momento, são extremamente importantes!

De acordo com um levantamento realizado pela Stone, fintech do segmento financeiro, houve crescimento de 192% de doações online no período da quarentena. Seu excesso de estoque pode ser uma boa oportunidade para ajudar aqueles que precisam e mostrar para seus consumidores que sua empresa se importa e ajuda como pode. Assim, você consegue zerar seu estoque e se mostrar solidário.

Gostou das dicas? Esperamos que elas ajudem a resolver o problema de excesso de estoque do seu e-commerce. Em tempos como esse, algumas atitudes não só solucionam o seu problema mas também valorizam a sua marca na visão do consumidor. Por isso, tenha sempre em mente soluções inteligentes.

Tags:, , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Chegou sua hora de crescer sem limites

Avalie por 10 dias grátis.

Crie sua loja