Gestão / Mercado

9 pontos importantes para abrir um e-commerce

Abrir um e-commerce deixou de ser uma escolha e passou a ser uma necessidade para a maioria dos lojistas. É […]

9 pontos importantes para abrir um e-commerce

Abrir um e-commerce deixou de ser uma escolha e passou a ser uma necessidade para a maioria dos lojistas. É verdade que a internet é uma excelente ferramenta para o crescimento de qualquer negócio, mas existem vários fatores que determinam o sucesso das vendas neste universo digital.

Abrir um e-commerce é um processo fácil, mas é preciso se atentar aos procedimentos de regularização. Caso contrário, você pode prejudicar sua marca, perder clientes ou até o próprio negócio para os órgãos regulamentadores.

Boa leitura!

Planejamento

Antes de dar qualquer passo, é importante fazer um bom planejamento. Analise o que você irá vender, para quem irá vender e onde irá comprar suas mercadorias. Faça esse planejamento de forma escrita, inclua todas as questões fundamentais do seu negócio, como estoque, público alvo, logística, estudo de mercado, estratégias de marketing e investimento.

Esse planejamento envolve, inclusive, um plano de negócios. É necessário estudar o seu nicho de mercado, verificar concorrência, fazer o SWOT (pontos fracos, fortes, oportunidades e ameaças), estruturar o negócio e planejar investimentos e rendimentos. 

Encontre seu público

Antes de começar o negócio, estruture bem quem será seu público alvo. Muita gente tem pressa e atropela essa etapa. Mas antes de tudo é fundamental ouvir o cliente. 

Para isso, vale a pena investir tempo em pesquisas de mercado, ou mesmo conversar com familiares e amigos que possam opinar sobre sua ideia de negócio. Isso antes de abrir as portas. Feito isso, é importante manter canais de diálogo para feedback, como espaços para comentários e questionário de satisfação do cliente.

Diferente das lojas físicas, no e-commerce a relação com o cliente é um pouco mais distante, o que reforça a necessidade de entender mais a fundo as necessidades do seu público e o que ele espera do você, para que assim, possa ser mais assertivo nas estratégias de venda e marketing.

Identidade Visual

Identidade visual para e-commerce

A aparência e estrutura do seu e-commerce são cruciais para o sucesso do seu negócio online. A identidade visual é a aparência do seu negócio, e ela deve ser atrativa o suficiente para que as pessoas se interessem e se identifiquem com seu produto.

A melhor maneira de acertar é contando com a ajuda de um profissional da área, um diretor de arte ou designer gráfico.

Este profissional irá entender sua marca, definirá as cores, símbolos, imagens, fontes e o logotipo que será usado seguindo um padrão visual coerente.

É indispensável que esse trabalho seja feito por uma pessoa capacitada e experiente, logo que uma identidade visual mal feita pode arruinar o seu negócio.

Domínio

Esse é o endereço que fará as pessoas chegarem em sua loja virtual, o tal do www.seunome.com.br. 

O ideal é que ele seja o mesmo nome do seu e-commerce, curto, objetivo e simples, para que as pessoas consigam lembrar, pronunciar e escrever facilmente.

Ter um bom domínio pode assegurar um melhor posicionamento nos mecanismos de busca, como o Google. No entanto, antes de comprar, verifique se o domínio que você deseja utilizar está disponível ou se alguma empresa já o comprou.

Faça uma análise do espaço necessário a ser utilizado para que ele funcione sem nenhum problema indesejado. Para sites pequenos e médios, o ideal é espaço de até 10GB. Porém, se o seu e-commerce também for um portal multimídia, com publicações diárias de imagens e vídeos que ultrapassem esse limite, pesquise uma opção de servidor dedicado ou cloud server. Esse fator interfere diretamente no desempenho da sua loja virtual e na experiência final do cliente.

Plataforma e-commerce

plataforma e-commerce

A plataforma será a base para seu e-commerce. Sendo assim, tudo que você construir estará nela e, por isso, é essencial escolher uma que tenha qualidade e flexibilidade, segurança e estrutura robusta para acompanhar o crescimento do seu negócio.

Existem três tipos de plataformas disponíveis no mercado:

  • Gratuitas, que são limitadas e não permitem parametrização das páginas;
  • Código fonte aberto, que também são gratuitas, porém demandam conhecimentos específicos da programação;
  • Pagas, que oferecem ter suporte de qualidade, oferecem estrutura pronta, possibilidade de customização. Basta cadastrar os produtos e começar a vender!

Logística

Ao iniciar suas vendas através de um e-commerce, você deverá pensar e planejar como será feito o transporte das mercadorias até os seus clientes.

É imprescindível planejar, executar e controlar o transporte, frete e embalagem para que o produto chegue até o cliente no menor tempo e com o maior nível de qualidade possível.

Outro ponto importante: Considere a viabilidade de realizar entregas em regiões muito distantes da sua base de operação. Pois, às vezes, o esforço aplicado não vale a pena e isso pode resultar em prejuízos financeiros. Por essa razão, é sempre bom avisar seus consumidores no momento da compra sobre as limitações da entrega.

Além de proporcionar um bom atendimento, ter uma boa logística também fará com que você tenha vantagem competitiva e uma grande fatia de mercado.

Formas de pagamento

Formas de pagamento no e-commerce

Todas as formas de pagamento têm suas características peculiares. É importante que você faça uma análise de qual proporcionará mais benefícios e soluções, de acordo com a necessidade do seu negócio.

Vamos citar as 3 principais formas de receber do seu cliente. 

Adquirentes

As adquirentes sempre estarão presentes em qualquer ferramenta de pagamento que você optar usar em sua loja virtual, seja por gateway de pagamento ou por Intermediadores de pagamentos.

Você pode optar por uma parceria direta com as adquirentes, que funcionam como agente operador no fluxo do sistema de pagamento. Os principais exemplos são Rede, Cielo, Elavon, GetNet, Stone e outras.

Gateway de pagamento

Os gateways de pagamento são sistemas de integração que realizam a transmissão de informações sobre os pagamentos eletrônicos junto a bancos ou operadoras de cartão de crédito. 

O Gateway de pagamento, da maneira mais simplificada, são como máquinas de cartões, só que onlines.

Intermediadores

Os intermediadores de pagamento são plataformas que funcionam para interligar clientes, adquirentes e lojistas.

De forma objetiva, o processo é: o cliente faz o pagamento ao intermediador, que automaticamente aciona o banco ou a bandeira de cartão de crédito, e assim se a compra for autorizada, o lojista faz a venda normalmente.

Você com certeza já ouviu falar de serviços como PayPal, PagSeguro e Mercado Pago.

Estude bem seu público para entender quais são os comportamentos de compra e, assim poderá oferecer a melhor solução na hora da compra. 

Leia mais sobre formas de pagamentos  

Atendimento

O bom atendimento em e-commerce é, sem dúvidas uma das ferramentas mais efetivas para converter compradores casuais em clientes assíduos e apaixonados. 

É também uma ótima forma de construir um diferencial positivo de sua loja virtual em relação aos  demais concorrentes.

Existem diversas maneiras de realizar um bom atendimento, seja por e-mail, chat ou telefone. 

Hoje, o grande desafio para empresas de e-commerce é transformar seu atendimento em uma área de fidelização de clientes e criação de novas oportunidades. Afinal de contas, o processo de compra só ocorre depois de um bom atendimento

Um bom atendimento garante o objetivo mais almejado de qualquer empreendedor: a fidelização do cliente.

Leia mais sobre como fidelizar clientes

Marketing

Assim que você colocar o seu e-commerce no ar, é hora de divulgá-lo e fazer as pessoas saberem que ele existe. E para isso, é fundamental investir no Marketing digital para trazer pessoas para sua loja.

Sem dúvidas, o marketing digital é a forma mais rápida e barata de fazer o seu negócio chegar até as pessoas certas. Isso porque os consumidores buscam muito na internet procurando por informações antes de efetuar a compra de certos produtos.

Esses são alguns dos métodos que podem te ajudar com suas vendas online:

  • Criação de conteúdo é uma ótima maneira de atrair visitantes com potencial de compra à sua loja. Além de não ser tão caro e trazer resultados positivos, é uma boa forma de fortalecer sua marca e estabelecer um relacionamento com seu público;
  • Anúncios no Ads, Facebook Ads ou YouTube são excelentes ferramentas, pois geram grande volume de visitantes qualificados a curto prazo;
  • E-mail Marketing é um dos melhores canais de venda para e-commerce, pois você pode criar ofertas exclusivas com base nos itens que seus visitantes procuraram em seu site, além de manter relacionamento constante com seus leads.

E então, se sente preparado para mergulhar nesse novo mundo?

É só colocar as dicas em prática e aguardar os resultados!
Se você precisar de ajuda para construir seu e-commerce em uma plataforma segura, conte conosco!

Tags:, ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Chegou sua hora de crescer sem limites

Avalie por 10 dias grátis.

Crie sua loja