Eduarda Guedes

6 de maio de 2021

Compartilhar

Transferências de pagamento via WhatsApp começam a funcionar no Brasil

4 min de leitura

Nesta terça-feira (02/05/2021), o WhatsApp começou a liberar, de forma gradual, a possibilidade de transferência de pagamento para os usuários brasileiros. É preciso que todos atualizem suas versões do aplicativo ao longo dessas semanas, seja para os usuários Apple ou Android.

Para quem e como vai funcionar?

Por enquanto, as transações funcionam para as pessoas físicas, enquanto o Banco Central ainda libera a possibilidade para as empresas realizarem as transferências, foi informado que haverá um limite de transações por usuário:

  • Não serão cobradas taxas pelas transferências;
  • Os usuários podem enviar até R$1.000,00 por transação, sendo possível enviar mais do que mil reais por dia, mas apenas em transferências separadas;
  • Cada pessoa pode receber até 20 transferências por dia;
  • Há um limite de R$5.000,00/mês para cada tipo de operação, ou seja, 5 mil reais para recebimentos e 5 mil reais para envio.
  • Para usar o recurso, é preciso ter uma conta bancária com cartões de débito, pré-pago ou combo com as bandeiras Visa ou Mastercard dos bancos: Banco do Brasil, Banco Inter, Bradesco, Itaú, Mercado Pago, Next, Nubank, Sicredi ou Woop Sicredi.

Cartões de crédito ainda não são válidos. De acordo com o WhatsApp, as instituições podem definir um limite mínimo para transferências. Alguns bancos também enviam links com convites para acessar o recurso.

Quem ultrapassar os valores permitidos recebe um aviso e deve aguardar até o dia 1º do mês seguinte para receber ou reenviar os pagamentos.

Para transferir pelo WhatsApp, os usuários precisam de um número de telefone do Brasil. Apenas transações dentro do país e em moeda local são permitidas.

O processamento das transações é feito pela Cielo e a ferramenta é ativada pelo Facebook Pay, serviço da empresa proprietária do WhatsApp.

Como enviar ou receber dinheiro via WhatsApp?

A opção de transferência no WhatsApp fica no ícone de "clipe de papel" (Android) ou "+" (iPhone) no campo de mensagens de uma conversa, o mesmo que usamos para enviar uma imagem, documento, localização ou contato.

Passo 1

  • Toque no ícone de “Clipe de papel” ou “+”, e escolha a opção “Pagamento”;

Passo 2

  • Insira o valor e uma mensagem opcional;

Passo 3

  • Clique em “Pagar” e coloque o PIN (senha) do Facebook Pay;

Passo 4

  • A transação vai aparecer como se fosse uma mensagem na conversa no WhatsApp, e a pessoa que vai receber precisa aceitar o pagamento. Somente depois que o dinheiro cairá na conta dela.

Se você estiver usando o serviço pela primeira vez, deve aceitar os termos de uso, criar um PIN do Facebook Pay, cadastrar um cartão pré-pago ou de débito de uma das instituições parceiras e confirmar o cadastro na plataforma.

Caso o contato a qual você está querendo transferir o dinheiro não tenha ativado a função de pagamento WhatsApp, aparecerá uma notificação solicitando o cadastro do cartão no sistema para receber a transferência. Isso deve ser feito em 2 dias, caso contrário, o valor será devolvido.

Barragem do Banco Central

A ferramenta deveria ser lançada no Brasil em agosto de 2020, mas foi bloqueada pelo BC e Cade para avaliar riscos competitivos e garantir o bom funcionamento do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB).

Recentemente, a empresa concedeu ao Facebook, dono do WhatsApp, autorização para atuar como “iniciador de pagamentos”. Essa modalidade permite que o consumidor faça um pedido na instituição financeira da qual é correntista para efetuar o pagamento diretamente a outra pessoa, sem ter que acessar o aplicativo do banco, o depósito ou a conta de pagamento sendo debitado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *