Ferramentas / Gestão

Frete: A grande dificuldade dos lojista no e-commerce

O frete pode ser um grande aliado para o volume de vendas de um e-commerce. Influência em pontos como abandono […]

Frete: A grande dificuldade dos lojista no e-commerce

O frete pode ser um grande aliado para o volume de vendas de um e-commerce. Influência em pontos como abandono de carrinhos e até da experiência do cliente depois de comprar. 

Durante a pandemia do novo coronavírus, foi percebida a importância dos serviços de entrega e dos fretes. As pessoas ficando mais em casa, acabam consumindo mais em e-commerces. O que resultou em uma alta de 31% no volume total de fretes entre maio e junho.

Imagem de uma van com encomendas a serem entregues

Algumas lojas adotam o frete grátis para atrair mais clientes. Acaba interferindo no abandono de carrinhos, pois o consumidor vê como uma grande vantagem. Isso pode acabar aumentando o volume de vendas. Mas será que vale a pena?

E quais são os tipos de frete? Apenas Correios? Não. Tem algumas maneiras de se mandar uma compra ao cliente. Quer saber mais? Continue lendo este conteúdo. 

FRETE GRÁTIS

Ao colocar frete grátis, o e-commerce assume os gastos dos envios. Então precisa ver o que é viável, de fato, para que não tenha prejuízo. Primeiramente, deve-se analisar o seu ticket médio. Se for baixo, tipo 30 ou 50 reais, não vale muito a pena. 

Algumas marcas optam pela estratégia de disponibilizar o frete grátis a partir de um valor anunciado ou uma determinada região. Esse meio termo acaba sendo um intermédio para que cliente e loja não saiam no prejuízo. 

Para saber o valor ideal para que o consumidor ganhe o benefício, precisa fazer alguns testes. Não é porque você acha que valor x é ideal, que seu público irá concordar. Também não adianta colocar um valor mínimo e um tempo depois acabar tendo prejuízo. Tente colocar um preço que acha justo e meça a resposta do seu público através do volume de vendas.

É possível que em algumas datas sua loja disponibilize o frete grátis. Talvez aí seja mais vantajoso fazer um contrato com uma transportadora por um tempo pela quantidade a ser despachada.

OPÇÕES DE FRETE

frete para e-commerce

Para enviar os produtos você pode mandar via Correios ou contratar uma transportadora específica. De qualquer maneira, tem seus pontos positivos e negativos.

Via Correios o alcance e penetração em todo o Brasil é enorme. As tarifas costumam ser mais acessíveis, principalmente para pequenos negócios. Tem a opção de rastreamento, você pode fazer um contrato com a empresa para que se tenha alguns benefícios, como redução de 12% das taxas, e é de fácil integração com plataformas de e-commerce. Oferecem funções muito importante para e-commerce como o disque-coleta e o serviço de logística reversa, que acabam sendo facilidades. Caso a encomenda atrase e não chegue no prazo máximo dado, é possível solicitar uma indenização entre 5 e 15% do valor pago na postagem. 

Contudo, por ser uma estatal, está sujeita a greves, o que pode interferir no prazo de entrega e satisfação do seu cliente. Há um limite de peso e tamanho da encomenda, então lojas que vendem  objetos volumosos ou pesados não são 100% atendidas. Além disso, os contratos que podem ser feitos tem um valor mínimo a ser postado pelos Correios. Geralmente acima de 200 reais, mas pode mudar de acordo com o envio que sua loja pretende oferecer aos clientes.

Já as transportadoras são uma ótima alternativa. Algumas estão se especializando diretamente em e-commerces, o que pode ser uma grande vantagem. Ao contrário do Correios, tem diversas opções para produtos grandes ou pesados. Por serem empresas privadas, greves não são opções. 

Porém, há a chance da empresa falir. Além disso, a maioria não oferece código de rastreio, o que pode gerar inseguranças ao cliente. Algumas também não trabalham com o serviço de logística reversa, então as devoluções ficam mais difíceis. Os preços podem ser ligeiramente mais altos do que os dos Correios.

O FRETE E A EXPERIÊNCIA DO CLIENTE

Um dos motivos a se considerar o tipo de frete é exatamente a experiência do cliente. A primeira parte é a online, quando vê que tem opções e que cabem no orçamento dele. Mas tem uma das únicas partes offlines de um e-commerce, que é a entrega.

Se imagine comprando um produto que quer muito. A loja te dá um prazo de 4 dias úteis para entrega, porque você pegou o frete mais rápido e pagou por isso. Então se passam 4, 5, 6, 7… 10 dias e ainda não chegou. Provavelmente vai sentir um descontentamento e reconsiderar comprar novamente com essa loja, porque sua experiência não foi boa, não cumpriram com o prazo deles.

Por isso, é bom considerar nem sempre o mais barato, mas o mais confiável. O cliente pode acabar culpando a sua loja por um serviço terceirizado.

O MELHOR PARA VOCÊ

É necessário avaliar, acima de tudo, os contratos que podem ser feitos e os produtos a serem mandados. Caso seja um alto volume, com pesos mais altos, compensa contratar uma transportadora. Se tiver um volume bom, mas objetos leves e nos tamanhos que os Correios aceitam, pode se considerar firmar um contrato com eles. Assim como um volume baixo de despachos nos tamanhos padrões talvez não compense mandar por transportadora.

Se você preferir oferecer mais de uma opção de entrega, deixe claro ao consumidor. Por exemplo, a encomenda pode ser enviada por PAC e Sedex do Correios e por transportadora, mas cada um tem um prazo e um preço. É importante informar tudo isso ao comprador. É válido disponibilizar explicações na aba de perguntas frequentes e até um banner no espaço de finalização de compra e escolha da entrega.

Cada loja é uma loja, tem especificidades de região, volume de vendas, tamanho de produtos que devem ser levados em conta. Não existe certo ou errado, existe a opção mais viável para sua marca e seu público. Lembre-se que o frete é um ponto-chave que pode te oferecer vantagens em relação aos concorrentes.

Gostou do conteúdo? Fique atento no blog para mais assuntos como esse.

Tags:, , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Chegou sua hora de crescer sem limites

Avalie por 10 dias grátis.

Crie sua loja