Gustavo Perina

28 de maio de 2021

Compartilhar

Gigantes do e-commerce passam a contratar motoristas autônomos

3 min de leitura

No e-commerce, proporcionar ao cliente uma experiência completa é crucial. Desde o primeiro contato com a plataforma de venda até o momento em que as compras chegam em sua casa, todo o cuidado com o consumidor é essencial.

Porém, um grande diferencial para os consumidores tem sido o tempo de entrega dos produtos. Por se tratar de um modelo flexível, devido ao contrato pessoal, barato e rápido, os motoristas autônomos têm se tornado uma alternativa viável, do grande ao pequeno comércio, para as formas de envio.

No ano de 2020, devido à pandemia do Covid-19, a maioria dos consumidores teve preferência pela modalidade Sedex quando o frete era de responsabilidade dos Correios. Gigantes do mercado de varejo, como Casas Bahia, Magazine Luiza e Mercado Livre, por exemplo, investem alto na contratação de motoristas autônomos. Estes profissionais, por serem autônomos, não possuem vínculo empregatício com as lojas que os contratam e utilizam veículo próprio para fazer entregas.

Como funciona o serviço dos motoristas autônomos?

Neste tipo de contrato de serviço, geralmente os custos com gasolina, manutenção do carro, eventuais acidentes ou outros gastos e prejuízos ficam por conta do entregador. A remuneração pelo serviço é acertada em um contrato feito com a empresa responsável pelas entregas e logística de cada loja online. Por exemplo, a Logbee, que é responsável pelas entregas da Magazine Luiza, contrata motoristas autônomos e faz os acordos diretamente com eles.

Para os motoristas autônomos que trabalham para a Logbee, segundo pesquisas, o pagamento por dia é próximo a R$250,00, dependendo de quantos pacotes foram entregues. A Casas Bahia, por outro lado, trabalha com a empresa Asap Log, que tem um sistema de remuneração similar ao do Uber: o motorista utiliza um aplicativo, onde é informando sobre os locais onde há encomendas, quanto receberá por elas, até onde tem de levá-las e decide se quer aceitar ou não o serviço. Já o Mercado Livre, possui seu próprio setor de entregas, do qual não se tem muitas informações, entretanto, estima-se que os motoristas autônomos ganhem entre R $200,00 e R$300,00 por dia.

Quais as vantagens de contratar motoristas autônomos?

Como os custos de viagem, reparação e combustível são de responsabilidade dos entregadores, as empresas contratantes não os obrigam a utilizar nenhum adesivo no carro. Além do mais, quando um carro ou caminhão está identificado tem mais chances de sofrer furtos, pois pode estar carregando objetos valiosos. A Logbee, no entanto, está incentivando financeiramente os motoristas, a fim de que estes adesivem os carros com a marca da Magazine Luiza. Segundo a empresa, essa estratégia serve como propaganda e marca no cliente a impressão de que a velocidade da entrega está associada à marca.

Não só para as grandes empresas, mas para o lojista também pode ser um  benefício o uso de motoristas autônomos. Como estes profissionais ganham por entregas realizadas, sua agilidade e eficiência aumenta e por isso o consumidor acaba recebendo seus pedidos em um tempo relativamente curto. Outra vantagem importante é o custo: alguns motoristas aceitam fazer entregas por um valor mais baixo do que o fretamento tradicional. Tudo isso faz com que a escolha dos profissionais autônomos acabe sendo mais vantajosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *