Marketing / Vendas / Mercado

Cyber Monday 2020: o que é, data e estratégias para vender mais

Consumidores que pretendem comprar eletrônicos, eletrodomésticos, móveis ou quaisquer outros produtos, podem aproveitar as promoções que o mês de novembro […]

Cyber Monday 2020: o que é, data e estratégias para vender mais

Consumidores que pretendem comprar eletrônicos, eletrodomésticos, móveis ou quaisquer outros produtos, podem aproveitar as promoções que o mês de novembro reserva. Além da conhecida Black Friday, voltada para o comércio físico e virtual, há a Cyber Monday, menos famosa no Brasil, mas que possui o mesmo conceito de ser um dia de descontos no varejo.

A diferença, nesse caso, é que se trata de uma campanha exclusiva do setor de e-commerce. Foi criada em 2005, nos Estados Unidos, e acontece sempre na primeira segunda-feira após o Dia de Ação de Graças, feriado tradicional nos EUA. Em 2020, a “Segunda-Feira Cibernética” acontece por aqui no dia 30 de novembro.

É uma boa oportunidade para os negócios virtuais conquistarem novos clientes e fidelizarem os já existentes, bem como aumentarem as vendas e a lucratividade. Para te ajudar nessa tarefa é que fizemos esse post. Acompanhe e saiba como faturar mais nessa data promissora para o comércio!

Cyber Monday no Brasil: panorama

Como citamos, a Cyber Monday ainda é pouco explorada no país, embora exista por aqui desde 2012. Em contrapartida, os empreendedores do comércio eletrônico que já aproveitam a data para venderem mais, estão tendo ótimos resultados.

Para se ter uma ideia, segundo um balanço realizado pela Compre&Confie, as lojas virtuais venderam cerca de R$303 milhões durante a campanha de 2019, o que equivale a um aumento de 31,5% em relação ao ano anterior. Já em volume de pedidos, a alta foi de 25,4%.

Isso significa que a concorrência vem se estruturando para que, assim como ocorreu com a Black Friday e outras datas comemorativas, a Cyber Monday fique cada vez mais reconhecida e seja uma fonte de lucro para os varejistas.

Entre as vantagens de investir em ações adequadas para o evento estão a possibilidade de fazer queima de estoques, atrair novos consumidores e elevar o ticket médio, já que os consumidores tendem a gastar mais quando encontram boas promoções que vão de encontro aos seus interesses.

O que fazer para que a loja virtual venda mais na Cyber Monday

Agora que você já conhece melhor a Cyber Monday e o seu potencial, provavelmente queira saber como seu e-commerce pode se destacar da concorrência e aproveitar todos os resultados que a data pode trazer. Então confira agora algumas dicas para se preparar:

  1. Faça um planejamento antecipado

Para ter aumento nas vendas e na lucratividade durante a campanha, é imprescindível se planejar com antecedência. Isso significa fazer análises internas e criar estratégias para oferecer boas experiências de compra.

Na prática, é preciso analisar de forma completa quais são os produtos mais vendidos e menos vendidos na loja virtual, itens que estão parados no estoque e podem entrar em oferta, entre outros pontos que levem os gestores a criarem ações assertivas.

Isso pode ser feito com o auxílio de ferramentas como o Google Analytics, as quais trazem dados valiosos sobre o comportamento de compra dos consumidores no site, os produtos de preferência e outras informações que auxiliam a tomada de decisão.

Ao fazer isso, é possível tanto se preparar com eficiência, quanto não ficar sobrecarregado em cima da hora e aproveitar ao máximo o potencial da Cyber Monday.

  1. Invista em remarketing

É muito comum que os consumidores façam pesquisas e buscas sobre os itens que têm interesse antes de realizarem uma compra. Ou seja, eles podem acessar a sua loja virtual, mas por algum motivo saem do site após algum tempo de navegação ou abandonam o carrinho.

Para se ter ideia, segundo dados do Google Adwords, 97% dos consumidores não convertem suas compras na primeira vez que visitam uma loja online.

Entretanto, por meio de estratégias de remarketing, é possível fazer essas pessoas lembrarem das ofertas pelas quais demonstraram interesse. Mais do que isso: o que ocorre é um incentivo às compras. Segundo uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 37% dos participantes afirmaram que adquiriram produtos que não necessitavam no último mês.

Ou seja, aqueles consumidores que contiveram a vontade de comprar um item desejado, podem ser impactados positivamente com ofertas em campanhas do Google Ads, redes sociais e YouTube, por exemplo. Assim, a empresa se destaca entre os concorrentes e se pode se tornar a escolha dos potenciais clientes ao decidirem pela compra.

  1. Promova ofertas atrativas para a base de clientes

A base de clientes da loja virtual deve ser bem utilizada para a divulgação da Cyber Monday. Afinal, são pessoas que já fizeram negócios com a marca, portanto são inclinadas a comprar novamente.

Entre as ações que podem ser feitas estão enviar e-mails marketing avisando sobre a proximidade da data, lançar ofertas antecipadas a quem já é cliente, conceder benefícios exclusivos e muito mais.

Além do e-mail, outra ferramenta que funciona bem nesses casos é o WhatsApp Business. Por meio do app de mensagens, os lojistas podem criar disparos de listas com ofertas e realizar outras ações de Marketing.

Assim, se cria a expectativa e a curiosidade em saber quais descontos serão aplicados, bem como se promove fidelização em função da personalização e exclusividade, duas características que os consumidores atuais prezam.

  1. Pratique descontos de verdade

Uma das premissas para a Cyber Monday e outros dias de oferta, como a Black Friday e o Dia do Consumidor, é oferecer descontos de verdade, os quais demonstram o compromisso da marca com os potenciais e atuais clientes.

Do contrário, as chances de ter a reputação manchada e perder vendas é grande. Isso porque, ano após ano, as pesquisas feitas no Brasil mostram que as falsas ofertas estão entre as principais reclamações do público que compra durante uma suposta promoção.

Já quando o consumidor sente que há transparência e ética por parte da loja virtual, as chances de que faça novas compras e a indique para os seus conhecidos é grande. Afinal, mais do que vender em uma campanha, é preciso construir bases sólidas para que isso aconteça durante todas as épocas do ano.

Esperamos que o nosso conteúdo com dicas de como ter bons resultados na Cyber Monday te ajude a estruturar o e-commerce para aumentar as vendas.

Vale ressaltar que outra ação fundamental é estruturar a plataforma para que seja agradável de navegar, tenha recursos diferenciados e simplicidade na gestão.

Para isso, você deve conhecer a WebStore, sistema que traz diversos recursos para as lojas virtuais e oferece fácil migração para aqueles empreendimentos que já estão no ambiente online.

Quer saber mais sobre o assunto? Então acesse o nosso site ou entre em contato com um de nossos especialistas, teremos muitas satisfação em te atender!

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Chegou sua hora de crescer sem limites

Avalie por 10 dias grátis.

Crie sua loja