Eduarda Guedes

26 de outubro de 2021

Compartilhar

Como e por onde começar a Pré-Black Friday?

12 min de leitura

Está se aproximando a data mais importante de vendas para o e-commerce, e, é claro que estamos falando da Black Friday. A expectativa dos lojistas para o evento neste ano segue em alta. Afinal, se pensarmos no sucesso da pré-Black Friday do ano passado, o faturamento das lojas virtuais cresceu em 31%, somando o total de R $5,1 bilhões. Já o número de pedidos foi de 7,6 milhões e ticket médio, R$ 668,70. 

Isso não foi diferente na Cyber Monday, evento que disponibiliza descontos direcionados especificamente para os e-commerces durante esse período do ano, apresentando um faturamento de R$ 702,71 milhões, que concedeu um aumento de 41,8 % em relação a 2019. 

Esses dados acabam nos mostrando a importância do planejamento para a Black Friday que faz toda a diferença para o sucesso do evento. Quer saber mais sobre isso? Então, continue com a gente e confira como começar a se planejar e quais estratégias usar antes, durante e depois do evento.                         

Por que planejar a Black Friday?

O primeiro motivo de planejamento para Black Friday é simples: você irá economizar tempo, dinheiro e dor de cabeça. Além disso, o evento oferece um pacote completo de manutenção para seu negócio, considerando que você irá se preparar para o evento, todos os setores devem estar em ordem. 

Tudo isso, sem falar na visibilidade que sua marca pode ter se tiver um bom resultado no evento. A retenção e atração de clientes também pode ser uma realidade na Black Friday. 

Ou seja, todo mundo só tem a ganhar: o cliente, conseguindo comprar algum produto que sempre desejou, mas não teve meios financeiros para isso, e a empresa que, ao realizar suas estratégias de marketing, de acordo com a realidade do seu negócio e com seu objetivo futuro, terá resultados positivos, conjuntamente com o crescimento da empresa. 

Vale ressaltar que essa é uma ótima oportunidade também de queimar o estoque daquele produto parado, oferecendo descontos incríveis e atrativos para eles e gerando caixa para sua operação. 

Por fim, não podemos deixar de mencionar que através do planejamento da Black Friday, você terá um preparo adequado para participar de um evento de escala global.

Inclusive, é possível que você reduza os riscos sobre qualquer coisa que pode sair do controle durante o evento, pois, lembre-se: a Black Friday é passageira, mas a má reputação de uma empresa é tão enfatizada por longos períodos, ao ponto de levar o seu negócio à falência. Então, o ideal é caprichar!   

Por onde começar a Black Friday?            

Neste ano, a data de Black Friday está marcada para 26 de novembro de 2021. O dia oficial de promoção se inicia a partir da meia-noite da quinta-feira. No entanto, o ideal é começar as ofertas em seu e-commerce durante toda a semana que antecede a Black Friday, ou seja, a Black Week, que nós já vamos falar sobre ela posteriormente. 

Isso é bastante importante porque a expectativa para o evento este ano é alta. Segundo um levantamento feito pela Méliuz aponta que 71% dos brasileiros pretendem fazer compras na Black Friday 2021. 

Além disso, uma pesquisa feita pela Inteligência de Mercado Alvo, revela que 34% dos consumidores querem aumentar o consumo de alimentos e bebidas e outros 34% pensam em investir em higiene doméstica, pessoal e produtos de beleza.

Seguindo esses dados e considerando o quão esse vento é importante para o e-commerce e todo varejo brasileiro, a melhor forma de obter sucesso de vendas é fazendo o planejamento para a Black Friday 2021. Confira as nossas dicas, desde já! 

1. Pop-up de entrada ou saída

A nossa primeira dica de estratégia para a pré-Black Friday é que você aposte na criação de disparos automáticos acompanhados de cupons para cada tipo de cliente. Isso se aplica, tanto para os visitantes novatos da loja quanto aos visitantes recorrentes. O engajamento com descontos por meio de pop-ups é um excelente impulsionador de vendas. 

Os pop-ups são ótimos recursos de publicidade, com o objetivo de chamar a atenção dos usuários, consiste em um link de redirecionamento para a sua loja virtual ou e-commerce. Divulgando as promoções na pré Black Friday através deles, você consegue despertar a curiosidade dos consumidores.

2. Frete Grátis

Essa opção é bastante usada em variadas empresas. Funciona basicamente assim: você oferece o frete grátis para todos os pedidos acima de um valor específico, como R $99 ou R $199,00. Se você já oferece essa alternativa em seu e-commerce, pode diminuir o valor mínimo habilitando-se para o frete grátis. Essa estratégia de marketing serve para auxiliar o seu site a vender mais e impulsionar a fidelização de novos clientes, que acabavam abandonando o carrinho por não achar o frete viável.

3. Ofereça recompensas   

Que tal ativar em sua loja virtual algumas recompensas por compra? É comum vermos em grandes e-commerces aqueles programas como “gaste R$ 200 e ganhe R$ 20 de desconto na próxima compra”. Novidades assim, estimulam os clientes a voltarem a comprar de seu e-commerce , após adquirir seus produtos. No entanto, você deve lembrar-se de considerar o seu orçamento para que no fim de tudo as contas fechem certinho, ok?

4. Aposte na Black Week

Black Week trata-se da semana em que a Black Friday acontece. É uma excelente estratégia de pré-Black Friday na qual as empresas aproveitam para criar promoções especiais e, assim, realizar mais vendas. Ou seja, é um evento informal que usufrui da força da marca Black Friday.

Além disso, você pode oferecer descontos mais suaves para seus produtos que não exigem uma margem tão grande para trabalhar, como lançamentos ou aquele estoque que está acabando e até mesmo os produtos como markup. Assim, você pode despertar um senso de urgência nos seus clientes, avisando que esses produtos não estarão disponíveis no dia do evento, que este é um período de oportunidade única para adquirir o produto. 

5. Compre 2 e leve 1 grátis    

Essa é uma dica muito valiosa, pois você não só irá atrair um cliente, como vários em conjunto. É uma maneira simples de chamar atenção de um grupo de amigos que possuem os mesmo gostos. Por exemplo, você pode disponibilizar uma promoção de “3 cadeiras gamers por R$ 1.500,00" ou “10 estojos de maquiagem completos por R$ 899,00” e assim sucessivamente. As ofertas em conjunto são capazes de gerar compras coletivas e garantir uma margem de lucro maior, bem como o ticket médio.

6. Gerencie a expectativa dos seus clientes através das redes sociais

A criação de campanhas vinculada com suas redes sociais, possibilita que as vendas sejam promovidas para produtos exclusivos da Black Friday. Com isso, você guia uma grande expectativa entre seus clientes que contribuem para o seu sucesso na Black Friday.

7. Crie descontos para clientes recorrentes

Aqui você precisa lembrar daqueles clientes que sempre compra de você, no entanto, você pode ir além e lembrar de quem comprou apenas uma vez em sua loja, todas essas pessoas merecem descontos maiores e reais. Assim, você não estará só pensando nos novos clientes, mas também no que já compraram e aproveitaram a oportunidade  para fazê-los se sentirem especiais e fortalecer suas fidelizações.

8. Aumente sua indexação no Google 

Você também pode criar categorias para “ Black Friday 2021'' ou "Black Friday '' e adicionar itens a essas categorias. Dessa forma, é possível fazer sua loja indexar para buscar produtos como "smartphone Black Friday", "Tênis Nike Black Friday”, entre outras possibilidades.

9. Mobile First

Já faz algum tempo que o Google começou a dar uma importância maior para os sites em mobile, ao invés de suas versões em desktop. Além disso, já foram feitas várias pesquisas, relatando que o número de vendas através dos dispositivos móveis cresceram assustadoramente. Então, nada mais adequado que você entrar nessa onda e realizar campanhas exclusivas e banners para mobile. Assim, você poderá se destacar entre os seus concorrentes. 

10. Prepare seu e-mail marketing 

O e-mail marketing é uma ferramenta que deve ser usada e abusada em várias ocasiões, principalmente na Black Friday. Então, mande ofertas para aniversariantes do mês, compradores recorrentes e toda a sua lista, oferecendo descontos exclusivos. Sempre orientamos para que os lojistas peguem leve nos envios de e-mail marketing, mas aqui é uma exceção, portanto, pode mandar sem moderação.

11. Crie uma landing page especial para a Pré-Black Friday

As landing pages significam o primeiro espaço que o visitante acessa ao entrar em um site. Pensando estrategicamente, qual é a melhor oportunidade para criar uma? Isso mesmo, bingo! Na Black Friday você pode criar a landing page, mostrando todos os cupons disponíveis, ou colocando cupons de hora em hora. Assim, você consegue atrair a atenção dos visitantes para suas promoções.

12. Prepare o seu time para um atendimento de excelência  

Sabemos que a qualidade do atendimento sempre deve ser uma prioridade do negócio. Mas, vale ressaltar que sua empresa pode se destacar entre a concorrência realizando todos os pedidos dos seus clientes.

E, considerando o tráfego enorme que os e-commerces costumam receber em eventos como a Black Friday, a atenção ao atendimento precisa ser redobrada. Portanto, reforce com sua equipe a qualidade do atendimento. Se for necessário, ofereça um treinamento de capacitação para que tudo ocorra bem nesse evento bastante relevante.     

13. Fique de olhos as finanças da Pré-Black Friday

Uma dica essencial de planejamento para a Black Friday é se preparar financeiramente, mantendo o equilíbrio das contas para aproveitar a data. Grande parte dos empreendedores procuram por empréstimos para reforçar o estoque durante o evento. Isso acontece porque com a alta de vendas os e-commerces, eles conseguem cobrir o valor e ainda lucrar. 

Vale ressaltar que quando a demanda dos pedidos aumenta, ocorre também um aumento no custo de variáveis. Sendo assim, é necessário que você faça os cálculos para saber exatamente quanto lucrou. Uma maneira bastante fácil para acompanhar todas essas transações e analisar as finanças da empresa durante a Black Friday, é abrindo uma conta MEI Fácil. 

Já que, uma conta jurídica 100% digital e sem mensalidade, é fundamental para que o empreendedor consiga gerenciar seu caixa a qualquer hora e lugar. Além disso, esse tipo de conta MEI não exige taxas abusivas ou a burocracia dos bancos tradicionais.

14. Ofereça diferentes opções de pagamento                      

Essa estratégia é, sobretudo, uma das mais eficazes formas de conversões e ainda evita que os consumidores abandonem o carrinho. Quanto mais opções de pagamento você oferecer, mais clientes você poderá conquistar. Por isso, vale muito a pena testar essa diversificação na Black Friday. 

Se você ainda tem os pagamentos aceitos pela sua empresa restritos, adicione ao site mais opções de pagamento como crédito, débito, boleto bancário, PIX ou carteiras digitais. Com essa diversidade de pagamentos você poderá atrair clientes de todos os tipos.  

15. Faça a integração de processos para a Pré-Black Friday              

Com o software ERP, é possível integrar os processos da empresa. Ou seja, você poderá integrar áreas como vendas, financeiro e estoque, reunindo dados relevantes para análise automatizando tarefas repetitivas e de pouco valor agregado. Assim, quando um produto é vendido no site, o sistema já registra o dado e concilia com as informações do estoque. 

Aproveitar a Black Friday para investir nesse recurso é totalmente viável, pois ele é capaz de utilizar as rotinas de trabalho do negócio não só durante o evento, como também de forma permanente.

Resumo

Após saber a importância de se planejar para a Black Friday, tendo conhecimento dos dados que o evento oferece aos e-commerces todo ano, incluindo a Black Week e Cyber Monday, você entendeu que para começar o planejamento da Black Friday é necessário passar por algumas etapas, seguindo dicas e estratégias como:     

  1. Pop-up de entrada ou saída;
  1. Frete grátis;
  1. Oferecer recompensas;
  1. Apostar na Black Week; 
  1. Estabelecer ofertas de” compre 2 e leve 1 grátis";
  1. Gerenciar a expectativa do seu cliente através das redes sociais;
  1. Criar descontos para cliente recorrentes;
  1. Aumentar sua indexação no Google;
  1. Aderir ao Mobile First;
  1. Preparar seu E-mail Marketing;
  1. Criar uma Landing Page especial;
  1. Preparar o seu time para um atendimento de excelência;
  1. Analisar as finanças;
  1. Oferecer diferentes opções de pagamento;
  1. Fazer a integração de processos.

Essas foram apenas algumas pequenas dicas para que você possa vender ainda mais neste período especial e data com mais volume de vendas, se destacando entre as outras. É uma ótima oportunidade de fidelizar, ganhar e fortalecer o laço com o consumidor, que consiste na engrenagem principal do seu e-commerce. 

Bom planejamento e ótima Black Friday!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *