Eduarda Guedes

9 de junho de 2021

Compartilhar

Como definir preço de venda dos produtos?

4 min de leitura

A precificação de produtos é uma questão essencial para o sucesso e a manutenção do negócio e, apesar de ser uma parte muito importante na gestão e no planejamento do e-commerce, também é uma etapa do processo que gera muitas dúvidas nos lojistas.

É bastante comum que o gestor da loja virtual não saiba exatamente como calcular o preço de venda e tenha seu imaginário povoado pela ideia fixa de que só é possível vender colocando o preço lá embaixo.

O fato é que o preço, muitas vezes, é um fator que exerce grande influência sobre a decisão de compra do cliente. No entanto, a definição do preço de venda adequado de um produto depende do equilíbrio entre o preço de mercado e o valor calculado, em função dos seus custos e despesas.

Preço de venda: uma questão de equilíbrio

Existem diversos aspectos mercadológicos e financeiros que influenciam na definição do preço dos produtos. Por isso, o lojista deve levar em consideração informações a respeito do público-alvo, planejamento estratégico da empresa, posicionamento da marca, concorrência, etc. Em resumo, é possível dizer que se trata de uma questão de equilíbrio entre diferentes questões variáveis e particulares de cada e-commerce.

O preço de venda dos produtos não é definido pela vontade do lojista de praticar um valor mais acessível que a concorrência, mas deve ser avaliado a partir de uma análise criteriosa dos dados reais do negócio e de um acompanhamento contínuo dos resultados.

Como calcular o preço de venda?

A precificação pode ser feita de algumas formas diferentes no e-commerce, mas de todos os modos é preciso ter alguns números básicos em mãos para fazer este cálculo:

  • Custo unitário: esse valor refere-se ao preço pago pelos produtos na compra direto do fabricante. Ele pode ser feito de uma maneira bastante simples, dividindo o valor total da compra (com o custo do frete, se houver) pelo número de itens adquiridos.
  • Custos fixo: são as despesas que o lojista terá mensalmente para manter o e-commerce funcionando. Neste valor estão incluídos custos referentes a aluguel, pagamento de funcionários, gastos com luz, água, telefone, internet, servidor etc.
  • Custos variáveis: como o próprio nome sugere, estes são valores que podem aparecer de acordo com fatores variáveis, como quantidade de vendas ou épocas do ano. Trata-se de custos com comissionamento de funcionários, impostos e aquisição de matéria-prima, por exemplo.
  • Margem de lucro: a margem de lucro só deve ser calculada depois do levantamento dos custos mencionados anteriormente, pois diz respeito ao que restará depois de arcar com todos os custos do e-commerce.

Uma das formas mais utilizadas para calcular o preço de venda no e-commerce é o método Markup. Ele é baseado nos custos e na margem de lucro pretendida. Para calcular o Markup você precisa calcular o custo fixo unitário (dividir o custo fixo pelo número de unidades vendidas no mês) e o custo total unitário (custo fixo unitário + custo unitário). Em seguida, você deve somar ao custo total unitário todos os custos sobre a venda: impostos, margem de lucro, comissões etc.

Fórmula do Cálculo de Custo Fixo Unitário

Fórmula do Cálculo de Custo Fixo Unitário
Cálculo Custo Fixo Unitário

Fórmula do Cálculo de Custo Total Unitário

Fórmula do Cálculo de Custo Total Unitário
Cálculo Custo Total Unitário

Fórmula do Cálculo de Preço de Venda Unitário

Fórmula do Cálculo de Preço de Venda Unitário
Cálculo Preço de Venda Unitário

A seguir, é preciso calcular o markup, o índice de marcação de preço e, finalmente, chegamos ao preço de venda unitário:

  • Markup: (Preço venda – preço de custo) / preço de custo
  • Índice de marcação de preço: 1 + (Markup/ 100)
  • Preço de venda unitário: Índice de marcação de preço x custo total unitário

Assim, é possível perceber que para calcular o preço de venda do produto, o lojista precisa ter um bom controle financeiro do seu negócio. Além disso, é possível delegar esse serviço para uma pessoa que tenha mais conhecimento no assunto e possa ajudar você a manter a saúde financeira e aumentar a lucratividade do seu e-commerce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *