Empreendedorismo / Ferramentas / Gestão

A dificuldade de não ter um ERP na sua loja virtual [Guest Post]

Vender em uma loja virtual é uma boa estratégia para alcançar mais clientes e alavancar as vendas. Mas para ter […]

A dificuldade de não ter um ERP na sua loja virtual [Guest Post]

Vender em uma loja virtual é uma boa estratégia para alcançar mais clientes e alavancar as vendas. Mas para ter sucesso em um e-commerce, também é preciso organização, caso contrário, pedidos podem ser esquecidos ou a empresa fica sem estoque para enviar as encomendas. Estas são apenas duas das dificuldades enfrentadas pelos lojistas que não utilizam um sistema de gestão (ERP) para fazer a gestão da loja virtual.

Neste conteúdo, você vai entender estes e outros problemas e ainda como podem ser solucionados utilizando um ERP no dia a dia.

É difícil organizar processos sem um ERP

Em um e-commerce, são diversas as etapas a serem realizadas. Entre as principais, podemos destacar:

  • cadastro dos produtos no site com todas as informações necessárias;
  • escolha das formas de pagamento e frete que serão disponibilizadas;
  • atualização dos estoques;
  • verificação dos pedidos recebidos;
  • emissão das notas fiscais;
  • separação dos produtos;
  • impressão das etiquetas de envio;

Já imaginou realizar as tarefas acima sem nenhum sistema para organização? É muito fácil algo dar errado em meio a tantas etapas. Por isso, o uso de um ERP se torna fundamental. Veja alguns problemas que podem ser evitados quando a loja virtual está conectada a um sistema de gestão.

Integração com soluções do mercado

Uma das maiores vantagens do ERP é poder realizar integrações, seja com plataformas de e-commerce, marketplaces, gateways de pagamento ou logística. Ao conectar a solução necessária ao ERP, diversas etapas do processo são facilitadas.

  • Plataformas de e-commerce ou marketplaces: você pode conectar a plataforma que utilizou para criar a loja virtual ou marketplaces que deseja criar anúncios para que tudo seja centralizado no ERP, desde o envio de produtos até o recebimento dos pedidos;
  • Frete: ao integrar o ERP com soluções de logística do mercado, os preços e prazos para envio são calculados para que você não tenha dificuldade em escolher a melhor opção para enviar as mercadorias aos clientes;
  • Gateways de pagamento: ao utilizar a integração com os gateways, a transmissão de dados entre clientes, comerciantes e seus bancos é facilitada, portanto, você não precisa acessar diversos sistemas para verificar o pagamento dos pedidos.

Criação de anúncios

Sem um ERP para facilitar a rotina de criação de anúncios, o trabalho se torna muito manual. Para agilizar esta etapa, o cadastro é feito do ERP e pode ser enviado para os canais de venda desejados, desde que estejam integrados ao sistema de gestão. 

Dessa forma, não é preciso acessar cada canal para cadastrar os produtos, suas fotos e preços. Tudo é feito de uma só vez, otimizando o tempo. Além disso, as informações são iguais para todos os anúncios, dessa forma, se um cliente encontrar o produto em sua loja virtual ou em um marketplace, não terá dúvidas quanto às especificações do item. 

Recebimento dos pedidos

Imagine o seguinte cenário: você vende em uma loja virtual própria e em 6 marketplaces diferentes. Como você faz para verificar todos os pedidos recebidos? Acessa cada uma das plataformas, anota o pedido e envia ao cliente? Copia as informações do pedido em uma planilha para depois enviar? Ambas as formas podem trazer problemas para a operação, como o esquecimento de um pedido ou o envio incorreto dos produtos.

Quando você utiliza um ERP e realiza todas as integrações com os canais de venda, os pedidos podem ser importados para o ERP, centralizando este processo. Em cada pedido constam todas as informações necessárias para o envio, como produto adquirido e frete escolhido, evitando erros.

Controle de estoques

Se você realizar as integrações com os canais de venda e criar anúncios através do ERP, vai perceber que os erros relacionados ao estoque diminuirão significativamente. Isso porque há um melhor controle de estoque e os itens são atualizados em cada canal automaticamente quando houver movimentação no ERP. 

Por exemplo:

  • Minha loja tem 10 camisetas em estoque. Vendi uma unidade no marketplace e uma na loja virtual própria. Ao baixar os estoques no ERP, apenas 8 unidades ficam disponíveis para a venda nos canais.

O melhor disso é que ainda vale para loja física. Se você vender a mesma camiseta em um ponto de venda físico, as lojas online serão atualizadas. 

Dessa forma, um mesmo produto não será vendido duas vezes, evitando problemas principalmente com a experiência do consumidor que comprou em sua loja.

Emissão das notas fiscais

Se você utiliza o ERP para receber os pedidos dos canais de venda, a emissão de notas fiscais pode ser feita em poucos cliques. Todos os pedidos contém as informações necessárias para gerar as notas fiscais e realizar a emissão, como dados do cliente e produtos comprados.

Neste caso, é só selecionar os pedidos e gerar as notas. Simples assim. O melhor é a economia de tempo que esta funcionalidade proporciona, pois sem um ERP, é preciso gerar nota por nota em sites que realizam a emissão, como o da Sefaz (Secretaria da Fazenda).

Separação dos produtos

Quando um cliente compra uma mercadoria online, gera uma expectativa quanto ao recebimento do produto. Por isso, é preciso ter certeza que o item que está sendo enviado é o correto. 

O ERP também pode ser utilizado para conferir as mercadorias que foram separadas na hora da embalagem, evitando erros. Você ainda pode aproveitar esse momento para colocar um mimo no pacote ou desconto para as próximas compras para encantar o cliente.

Etiquetas de envio

Outro processo que demanda muito tempo se você não utilizar um ERP é a impressão das etiquetas de envio. Se precisar acessar cada transportadora ou os Correios para imprimir as etiquetas, como fica a situação em um dia com 200 pedidos? É inviável.

Por isso, o ERP conta com a integração de gateways, citada acima. Com isso, após o recebimento dos pedidos e escolha das formas de envio, é simples imprimir cada etiqueta.  Você vai poder despachar o pedido em menor prazo, o que melhora a satisfação dos clientes. 

O uso de um ERP facilita a sua rotina

Usar um ERP para gerenciar uma loja virtual mantém cada etapa organizada e, consequentemente, mais ágil. Junto a agilidade, podemos destacar a diminuição de erros, o que proporciona uma melhora na experiência dos consumidores.

O Tiny é um ERP que otimiza a rotina de um e-commerce. Desde o cadastro dos produtos em diferentes canais de venda até o envio do produto ao cliente, conta com recursos que economizam tempo e evitam problemas. Crie sua conta e teste 30 dias grátis.

Tags:, , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Chegou sua hora de crescer sem limites

Avalie por 10 dias grátis.

Crie sua loja