Tecnologia / Mercado

Domínio, subdomínio e subdiretório: o que são e como usá-los para seu negócio ou conteúdo

A decisão de iniciar um negócio online ou criar um blog para produção de conteúdo traz consigo muitas dúvidas e […]

Domínio, subdomínio e subdiretório: o que são e como usá-los para seu negócio ou conteúdo

A decisão de iniciar um negócio online ou criar um blog para produção de conteúdo traz consigo muitas dúvidas e incertezas. Entre os primeiros questionamentos, normalmente reside a pergunta em relação a usar um domínio, subdomínio ou subdiretório.

Talvez a dúvida seja ainda anterior a isso pela falta de clareza em relação ao conceito e funcionalidade de cada uma dessas opções. Entender a diferença entre domínio, subdomínio e subdiretório é essencial para fazer uma escolha que contribua para o sucesso da sua estratégia e o crescimento do seu negócio.

Neste artigo, vamos esclarecer os conceitos, explicar tudo o que você precisa saber sobre cada um deles e mostrar como usá-los a favor do seu negócio.

O que é domínio?

O domínio é o endereço de identificação do site, por exemplo: www.webstore.com.br . Ele é composto pelo nome e pela extensão do site: webstore (nome), .com.br (extensão).

Para usar um domínio é preciso registrá-lo, normalmente através de um serviço pago, pois ele é único e não se repete. Um dos serviços de registro de domínio mais comuns é o Registro.br, que fornece os domínios com extensão .com.br.

As extensões de domínio podem indicar a área de atuação do negócio ou o país onde está localizado. Elas são conhecidas como Top Level Domains (TLDs) e podem ser divididas em 3 categorias:

1. TLDs genéricos, ou domínios internacionais:

São domínios que operam sem uma organização patrocinadora e possuem poucas restrições. Exemplos: .com, .net, .org, .info;

2. TLDs genéricos patrocinados:

São domínios que servem para identificar a área ou comunidade a qual pertence o site. Exemplos: .edu, .gov, .mobi, .travel, .tel;

3. TLDs de duas letras:

Representam o código de identificação para mais de 250 países e territórios oficiais. Exemplos: .br (para o Brasil), .es (para a Espanha), .pt (para Portugal).

O que é subdomínio?

O subdomínio é uma ramificação do domínio. Normalmente é possível criar vários subdomínios dentro de um mesmo domínio e eles servem para dividir a página em segmentos específicos.

Por exemplo: o site www.webstore.com.br é o domínio principal e a página www.blog.webstore.com.br é um subdomínio, uma área específica para o blog.

Em geral, você só paga pela aquisição do domínio e tem liberdade para criar as páginas de subdomínio sem custo adicional. A principal vantagem deste recurso é a liberdade de criar páginas independentes, com outro design e proposta, e mantê-las ligadas à página principal, além disso, os subdomínios ajudam no rankeamento múltiplo.

O que é subdiretório?

O subdiretório é uma pasta criada dentro do seu domínio principal. Trata-se de um tipo de identificação que aparece alocada após o domínio e a extensão. Exemplo: www.webstore.com.br/recursos .

De forma semelhante ao subdomínio, o subdiretório também serve para organizar a segmentação das páginas do website. No entanto, enquanto o subdomínio é identificado pelo Google como um outro site, o subdiretório é reconhecido como pertencente ao domínio principal.

O que é domínio estacionado?

As diferentes extensões possuem funções igualmente diversas. Além disso, existe um recurso complementar chamado domínio estacionado. Ele serve para garantir que o consumidor chegue à sua página mesmo cometendo algum erro de digitação. Este recurso nada mais é do que um domínio duplicado com uma extensão diferente. Digamos que o domínio principal seja www.webstore.com.br, o domínio estacionado poderia ser www.webstore.com. O domínio estacionado redireciona o cliente para o domínio principal, fazendo com que ele encontre sua loja virtual de maneira mais fácil.

Como utilizar múltiplos domínios e extensões pode beneficiar seu e-commerce?

Para que um negócio cresça e seja reconhecido na internet hoje em dia é aconselhável que ele tenha múltiplos domínios e extensões. Registrar domínio com uma variação de extensão é essencial para evitar dores de cabeça e favorecer seu negócio nas pesquisas dos principais buscadores.

Criar domínio, subdomínio e subdiretório com palavras relacionadas ao seu produtos é uma estratégia eficaz para melhorar seu rankeamento nas buscas.

5 razões para registrar múltiplos domínios e extensões

1. Limita a concorrência e favorece sua marca

O registro de múltiplas extensões pode favorecer a busca dos seus consumidores, uma vez que não é raro que as pessoas façam memória do nome da sua marca, mas se esqueçam do endereço do seu site ou da extensão do seu domínio.

Dessa forma, registrar domínios com variáveis de extensão impede o seu concorrente de ter um registro semelhante ao seu e faz com que sua loja virtual seja encontrada mais facilmente nos buscadores.

2. Evita a perda de tráfego

O tráfego direto do seu site, ou seja, aquelas pessoas que chegam até ele digitando o endereço no navegador, também é beneficiado pelo registro múltiplo. Assim, mesmo que ocorra um pequeno erro ortográfico ou a confusão entre as extensões do seu domínio, o consumidor será direcionado para a página certa.

3. Melhora seu posicionamento

Posicionar seu negócio de maneira mais efetiva diante do consumidor é mais uma vantagem que o registro de domínios e extensões diversas traz. Isso representa relevância para o seu público-alvo e contribui para o seu posicionamento local e também internacional, se a sua empresa tiver presença em outros países, é claro.

4. Facilitar a localização do seu domínio

Apostar em extensões alternativas pode ser muito benéfico a longo prazo. Além das opções mais tradicionais, existem diversas combinações de domínio que podem ser utilizadas para promover a sua marca e engajar o seu público.

5. Evitar fraudes

O crescimento de um negócio traz consigo o aumento da visibilidade e uma maior vulnerabilidade. Neste sentido, o registro múltiplo também oferece proteção contra pessoas mal intencionadas e fraudulentas. Registrando o domínio da sua empresa com diversas extensões e variações diferentes fica mais difícil ser alvo de crimes virtuais.

Dicas para quem está começando a criar um site ou blog

A principal dica para quem está iniciando a jornada com a criação de um site ou blog é a seguinte: tenha um domínio próprio. Domínios gratuitos são extremamente limitados e não permitem a personalização de elementos essenciais, como e-mails.

Além disso, o domínio próprio é a sua marca, ele possui vantagens no SEO e favorece seu site no rankeamento dos buscadores.

Observando todas as dicas e sugestões oferecidas ao longo deste artigo, você não precisa escolher apenas uma delas para aplicar em sua estratégia, mas aliar aquelas que servem melhor à sua realidade e aos objetivos do seu site ou blog. Dessa forma, você poderá obter os melhores resultados e fazer sua marca crescer e se tornar cada vez mais relevante na internet.

Tags:, , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Chegou sua hora de crescer sem limites

Avalie por 10 dias grátis.

Crie sua loja