Gustavo Perina

19 de março de 2021

Compartilhar

Busca por voz: a evolução do SEO

4 min de leitura

Na era do smartphone e da internet de alta velocidade, tudo ficou mais rápido e mais prático. A quantidade de informações disponíveis aumenta exponencialmente ano após ano e como não poderia ser diferente, a tecnologia se adapta cada vez mais às nossas condições e necessidades. Este é o caso da busca por voz, que veio para substituir o teclado digital em diversas situações do dia a dia.

Se antes precisávamos parar tudo o que fazíamos para realizar uma rápida pesquisa na internet, agora tudo o que precisamos fazer é falar com o smartphone. Nossas pesquisas se tornaram mais rápidas, dinâmicas e interativas. 

O que é busca por voz? Para que serve?

Apesar de ser recente, a busca por voz como conhecemos hoje, isto é, utilizando inteligência artificial de modo a se aperfeiçoar e simular um comportamento de assistente real, teve origem em 1962. Na época, a IBM apresentou em uma feira de tecnologia seu computador nomeado Shoebox, que podia reconhecer 16 palavras por voz

A partir de então, novas pesquisas foram feitas, novos métodos computacionais desenvolvidos e os computadores começaram a identificar cada vez mais palavras em diversos idiomas.

Apesar de todo este avanço, foi apenas em 2011 que a Apple resolveu utilizar o conceito na sua assistente virtual, a Siri. Aos poucos, outras empresas adotaram comercialmente a ideia, como a Google, Amazon e a própria IBM, que foi responsável por grande parte das pesquisas científicas por trás da busca por voz, mas que não soube lançá-la ao público.

As pessoas estão utilizando? As estatísticas mostram que sim!

Segundo a Microsoft, mais de 27% das pessoas que fazem pesquisas, no mundo inteiro, preferem utilizar a busca por voz. De fato, nos últimos anos a inovação, juntamente com o sucesso dos assistentes virtuais, fez com que o reconhecimento das palavras e do real significado delas fossem aprimorados, de modo que a pesquisa por texto fosse superada quando o assunto é precisão.

Por exemplo, na busca por voz, geralmente utilizam-se mais palavras e se contextualiza melhor o que se procura saber num curto período de tempo. Já na pesquisa de texto, normalmente apenas os principais termos são utilizados e o tempo de digitação pode variar de acordo com o usuário. A comScore lançou um relatório com estatísticas interessantes sobre isso, veja alguns dados a seguir:

  • Cerca de 22% das pesquisas universais no Google em 2020 foram feitas por voz;
  • As pesquisas de voz são mais longas do que as pesquisas textuais;
  • Em uma busca por voz, o número de palavras-chave varia entre 3 e 6;
  • Uma a cada seis pessoas utiliza pesquisa por voz de forma regular;
  • 20% das pesquisas feitas em smartphones são por voz;
  • Compras de supermercado, entretenimento e eletrônicos representam, juntas, cerca de 56% dos pedidos baseados em voz;
  • As pesquisas de voz possuem mais chances de serem baseadas em locais do que as pesquisas de texto.

Como a pesquisa por voz influencia no SEO?

Todo este conforto, inteligência e rapidez da busca por voz trouxe mais naturalidade para os buscadores, fazendo com que o trabalho de SEO fique um pouco mais simplificado. Como já dito, as pesquisas por texto costumam ser curtas e pouco detalhadas e isso geralmente causa muitas dificuldades para o profissional responsável pelas estratégias de SEO

Entretanto, as pesquisas por voz são feitas de maneira mais detalhada. Se antes o usuário pesquisava algo como “Conjunto de panelas”, agora isso vira uma conversa ou pergunta: “Qual a melhor loja para comprar conjunto de panelas?”, ou ainda: “Qual a loja mais próxima para comprar um conjunto de panelas?”. O uso da voz faz com que as pesquisas sejam mais detalhadas, por isso, para adequar o SEO com esta tecnologia, deve-se responder da maneira mais completa possível à pergunta do usuário.

No caso de um e-commerce, mesmo que a pesquisa por texto ainda seja a preferência das pessoas, a adoção crescente da busca por voz a torna um requisito essencial nas estratégias de SEO, uma vez que a concorrência no comércio online é extrema. De fato, adotar alternativas para aumentar o tráfego nunca é demais, por isso, se faz muito necessário atentar-se à tecnologia e já começar a adequar o negócio para sair na frente dos concorrentes.

Quer adotar o recurso?

Se você chegou até aqui, com certeza percebeu as vantagens de estar preparado e incluir novas estratégias de SEO para sua loja virtual. A correlação de busca por voz com compras online é alta e tende a crescer ainda mais, por isso, não há tempo a perder. A Webstore oferece recursos completos de SEO avançado, incluindo busca por voz! 

Com as ferramentas fornecidas, você será auxiliado a cadastrar as informações da sua loja virtual de forma eficaz, garantindo uma melhor performance e conversões em seu e-commerce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *