Marketing / Gestão

Vender online: 4 fatores que pode estar te impedindo de vender online

Estimativas da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) apontam que o setor de e-commerce deve faturar R$106 bilhões em 2020, […]

Vender online: 4 fatores que pode estar te impedindo de vender online

Estimativas da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) apontam que o setor de e-commerce deve faturar R$106 bilhões em 2020, o que equivale a um aumento de 18% em relação ao ano anterior. Números como esses mostram a força desse mercado, capaz de levar os empreendedores ao sucesso. Na mesma medida, muitos não entendem porque as suas lojas virtuais, mesmo com produtos de qualidade e preços competitivos, não prosperam como a concorrência. O motivo é que vender online vai muito além disso. 

Seja por falta de conhecimento ou por não darem a devida importância a algumas ferramentas e estratégias, muitos e-commerces acabam faturando bem menos do que poderiam. Foi pensando em auxiliar os negócios virtuais a mudarem esse cenário que é fizemos esse artigo. 

Acompanhe e conheça 4 falhas que podem estar impedindo o sucesso do seu negócio!

1. Não investir em ações de marketing

não investir em ações de marketing é um erro

Ter um e-commerce e não ter um planejamento estratégico de marketing é praticamente deixar de existir para uma grande fatia dos consumidores. Afinal, quando um consumidor compra pela internet, costuma fazer buscas sobre os produtos e serviços de seu interesse até que se depara com uma marca que chama sua atenção. Para se ter uma ideia, segundo o Serviço de Apoio ao Consumidor (SPC), 97% dos usuários pesquisam na rede antes de tomar uma decisão de compra. Além disso, hoje em dia é fundamental gerar um relacionamento positivo e duradouro com os clientes. 

Isso quer dizer que, caso sua empresa deixe de investir em ferramentas como redes sociais, blogs, SEO e e-mails marketing, perde a chance de ser escolhida entre tantas outras. Um case de sucesso que demonstra o que a falta de estruturação nessa área pode ocasionar e como as ações de marketing fazem diferença nos resultados é o da Bebidas Famosas, uma das maiores lojas do setor de bebidas no Brasil. 

Apesar de oferecer mais de sete mil produtos no catálogo, incluindo os de marcas renomadas de todo o mundo, os resultados não estavam sendo favoráveis. Após dois anos seguidos de vendas em baixa, a empresa resolveu investir em ações de marketing digital. No primeiro ano, o número de acessos ao site subiu de 14 mil para 160 mil, fazendo com que o e-commerce atingisse as primeiras posições no Google. Consequentemente, mais de 50% do faturamento anual passou a vir de pesquisas orgânicas com um altíssimo ticket médio. 

2. Não ter uma boa plataforma para vender online

Vender online com alta performance depende diretamente de uma boa plataforma. Já que cada negócio possui suas particularidades, não existe uma fórmula padrão sobre a melhor solução a ser contratada. No entanto, é preciso pensar na estruturação-chave do sistema, o que inclui, por exemplo, produtos, gestão de catálogo, preço, estoques, integrações, User Experience (UX), segmentação e gerenciamento de conteúdo. Isso sem contar a escalabilidade, a alta performance, a possibilidade de customização e a gestão completa de pedidos e clientes.

No momento de escolher o recurso para o seu negócio, é essencial levar em conta quesitos como os objetivos a curto, médio e longo prazos, o custo-benefício e o suporte rápido para os casos de necessidade.

3. Não produzir conteúdos adequados

Talvez você já tenha ouvido o ditado atual que diz que o “conteúdo é rei”. Ele vai de encontro às necessidades de todos os setores, os quais precisam estruturar a comunicação de modo com que seja relevante e atrativa para o público-alvo. 

Quando se trata de vender online, isso diz respeito tanto às descrições dos produtos, que fazem toda a diferença em relação à decisão de compra, quanto ao desenvolvimento de conteúdos valiosos para audiência, que é atraída, conquistada e fidelizada ao longo do relacionamento.

No entanto, muitas vezes não é isso que acontece. Há e-commerces que disponibilizam os itens em plataformas, cuidando apenas de imagens e design, por exemplo, e deixando de lado descrições detalhadas e informações que podem contribuir com a venda de cada produto. Se esse é o caso da sua loja virtual, é o momento de repensar a estratégia.

4. Não estar atento ao mercado e ao segmento

Quem busca melhorar as vendas online de forma contínua deve manter um acompanhamento constante das tendências de mercado e do segmento. Afinal, mais do que atender aos clientes, é essencial conseguir se antecipar às demandas. 

Isso só pode ser feito quando há a compreensão sobre as mudanças no comportamento do consumidor e as formas como a concorrência se adapta a elas. Do contrário, o seu negócio online corre o risco de ficar defasado e pouco atrativo, comprometendo os bons resultados. 

Esperamos que o nosso artigo sobre os quatro pontos que podem prejudicar as vendas online tenha sido útil para você. Acha que pode ser interessante para os seus conhecidos? Então compartilhe em suas redes sociais!

Tags:, , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Chegou sua hora de crescer sem limites

Avalie por 10 dias grátis.

Crie sua loja