Eduarda Guedes

7 de julho de 2021

Compartilhar

Quanto custa vender na Magazine Luiza Marketplace?

4 min de leitura

Quando falamos em Magazine Luiza Marketplace, a imagem que vem à mente é de uma empresa poderosa, com milhares de funcionários, mas nem todos conhecem sua história. Fundada em 1959, em Franca, no interior de São Paulo, por Luiza Trajano Donato e Pelegrino José Donato, que trabalharam por 20 anos até a primeira expansão de filiais. 

A Magazine Luiza começou como loja física, passou por algumas expansões até se tornar uma das maiores redes de lojas do país. A frente de seu tempo, criou o e-commerce da loja em 2000, mas veio a se tornar o grande nome do varejo que conhecemos em 2016 quando se tornou a empresa de capital aberto que mais se valorizou no mundo.

Cada vez mais as vendas online vem crescendo e para aqueles empreendedores que ainda não tem estrutura para manter um site no ar, os marketplaces são o campo ideal para melhorar as vendas. De acordo com a 42ª edição do Webshoppers, os marketplaces foram responsáveis por 78% do faturamento do e-commerce no primeiro semestre de 2020, totalizando R$ 30 bilhões e 57 milhões de pedidos. Em 2020, o Magazine Luiza Marketplace atingiu a marca de R$43,5 bilhões em vendas e somente no mês de agosto o site registrou 44,8 milhões de visitas. Uma grande vitrine para sua marca, não é mesmo?

Quanto custa vender no Magalu e quais taxas a Magazine Luiza cobra?

O custo da Magazine Luiza Marketplace tem uma particularidade, se comparada com outros marketplaces, de não ter uma taxa fixa, mas sim uma taxa variável, entre 10% e 20%, de acordo com a categoria do produto. Por exemplo, esportes e fitness têm uma taxa de 11%, enquanto para calçados, roupas e bolsas é de 13%. Essas taxas podem variar de acordo com a necessidade de adiantamentos de repasses.

De forma geral, o marketplace mais indicado para os varejistas é o Magazine Luiza. Sua plataforma é uma das mais seguras do mercado, as taxas são simples (uma vez que estabelecidas suas categorias não será necessário pagar outras taxas ou mensalidades) e possui um serviço de entrega próprio. Ao utilizar o Magalu Entregas, a responsabilidade de envio passa do vendedor para o marketplace e além disso, o vendedor consegue acesso a fretes de 10% a 15% mais baratos. 

Como começar a vender na Magazine Luiza? 

Se você quer começar a vender no marketplace da Magazine Luiza, que é atualmente um dos maiores do mercado, alcançando milhões de usuários diariamente, continue lendo este artigo que vamos te explicar o passo a passo.

1. Preencha os requisitos básicos

Para vender no Magazine Luiza, você precisará obrigatoriamente realizar a emissão de Nota Fiscal eletrônica ou Nota Fiscal avulsa para todos os produtos vendidos na sua loja, logo é preciso ter uma empresa aberta em seu nome com CNPJ e alvará liberado. 

Além disso você precisará informar algumas coisas, como:

  • Nome da loja;
  • Plataforma de integração utilizada (caso tenha);
  • CNPJ;
  • Razão Social;
  • Nome fantasia;
  • Site (se possuir);
  • CEP de Postagem.

2. Faça seu cadastro no Magazine Luiza Marketplace

Após conferir se preenche os requisitos acima, acesse o site da Magazine Luiza Marketplace e clique no botão “cadastrar minha loja”.

Crie sua conta e preencha os dados necessários para o cadastro, que serão os mesmo do tópico anterior. 

Inclua o cadastro de todas as pessoas que trabalham na sua empresa com e-mail e telefone de cada um e informe os dados financeiros da sua empresa e os dados bancários para o repasse dos pagamentos de suas vendas.

Depois de completar o cadastro é só esperar a avaliação do time Magalu. Assim que aprovado, o marketplace entrará em contato com você para informar os próximos passos. 

3. Cadastre seus produtos

Depois que sua loja foi aprovada e você já tem seu login da plataforma em mãos já pode começar a cadastrar seus produtos. 

Cadastrar produtos no marketplace da Magazine Luiza é muito simples.

  1. No seu painel de vendedor clique em fluxo de publicação e cadastre as categorias dos produtos da sua loja;
  2. Após isso é possível importar uma planilha de excel (dentro do modelo que o magalu disponibiliza) com todos os produtos que deseja cadastrar na sua loja;
  3. Depois de cadastrados todos os SKUs é hora de subir as imagens dos produtos e criar as descrições.

Começar a vender na Magazine Luiza Marketplace é muito simples e não exige investimento prévio (exceto caso necessário realizar integração com seu site). É uma excelente oportunidade para quem busca uma nova fonte de renda ou aumentar o alcance de seu e-commerce.

Últimas postagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *