Gustavo Perina

7 de maio de 2021

Compartilhar

Como o BBB favorece a sua marca?

5 min de leitura

O sucesso da última edição do BBB criou altas expectativas sobre a nova temporada do programa em 2021. Muitas marcas estão aproveitando este, que é um dos programas de maior audiência da televisão brasileira, para estabelecer um posicionamento relevante diante dos consumidores que assistem ao programa e para os jogadores que estão dentro da casa.

Para aproveitar as oportunidades comerciais que surgem com a nova edição do BBB, o empreendedor precisa estar familiarizado com a dinâmica do reality. Saber como funciona o programa, quais são os dias de prova, em que momento acontece a formação do paredão, quando e de que modo os participantes são eliminados e quais são os competidores mais queridos pela audiência e aqueles com maior índice de rejeição, se tornando essencial para explorar o marketing de oportunidade.

Dessa forma, torna-se mais fácil elaborar estratégias e aproveitar as oportunidades de abordar o assunto, especialmente nas redes sociais, marcando presença onde o assunto está sempre em alta, como no Twitter – rede social vista como palco de comentários sobre os principais acontecimentos do mundo e sobre tendências e assuntos em alta, como o BBB.

Além disso, é imprescindível estar sempre atento ao que outras marcas estão falando e na forma como abordam o assunto. Isso é importante pois, na internet, a dinâmica é veloz e, rapidamente, um tema se torna obsoleto para dar lugar a uma novidade que acabou de acontecer. Assim, o timing certo e o comentário perspicaz é o que faz as pessoas se interessarem no conteúdo da sua marca sobre o BBB.

Como as marcas se destacam no BBB?

Na edição 2021 do BBB, as marcas com patrocínio master são Americanas, PicPay, Avon, C&A, Amstel, Seara, McDonald’s e P&G. Além disso, outras marcas já garantiram patrocínio menores e o reality prevê também a criação de oportunidades para a participação pontual de algumas marcas em ações de merchandising.

O PicPay foi uma das marcas que já aproveitou as oportunidades para interagir com os consumidores nas redes sociais. No dia da prova do líder, a marca perguntou aos seguidores do Twitter qual era o palpite em relação ao tema da prova da noite.

Já no episódio da eliminação da cantora Karol Conká, considerada a vilã desta edição, muitas marcas aproveitaram o engajamento do público para oferecer benefícios, como descontos e prêmios, para quem acertasse o percentual de votos com o qual ela seria eliminada do programa. Este tipo de ação foi oportuna para diversas empresas, que acabaram aproveitando a audiência do reality para lucrar, sem precisar patrocinar o BBB 21.

Como otimizar sua marca sem patrocinar?

Dificilmente pequenas e médias empresas possuem condições de bancar uma cota de patrocínio no BBB, mas isso não é motivo para perder a oportunidade de usar o programa como uma ocasião de fazer marketing e lucrar. Por isso, a seguir, apresentamos 5 dicas para que você, empreendedor, possa estar por dentro do reality e usá-lo a favor do seu negócio:

1. Explore o marketing de oportunidade

Falar a coisa certa na hora certa é o princípio do marketing de oportunidade. É preciso trazer o tema do BBB para o contexto da sua empresa, associando os dramas vividos no programa aos produtos e soluções que o seu negócio oferece, sanando a dor dos clientes que vivem problemas semelhantes aos que são retratados no reality.

Essas oportunidades podem aparecer de maneira espontânea, durante a exibição do programa, ou podem ser criadas através de uma observação atenta do empreendedor e de sua equipe.

2. Use a linguagem certa

Uma boa estratégia para utilizar o BBB a favor da sua empresa é explorar os bordões usados pelos participantes e as frases marcantes do programa. Estes recursos podem ser explorados na comunicação da sua marca, especialmente através das redes sociais.

Não basta, porém, saber quais são os jargões do momento no BBB, é preciso saber utilizá-los de maneira coerente com o posicionamento e a identidade da sua empresa. Frases famosas fora de contexto e jargões soltos podem soar como falsidade e distanciar o consumidor da sua marca.

3. Crie memes

Os memes utilizam uma linguagem jovem e atual e, além disso, têm um grande potencial de viralização. Por isso, podem ser utilizados de forma divertida, associados aos seus produtos e serviços, explorando este aspecto que gera muito engajamento entre os brasileiros.

4. Cuidado para que sua marca não seja cancelada junto com um dos participantes

O grande índice de rejeição sofrido por alguns participantes, como vimos anteriormente no exemplo da cantora Karol Conká, quando explorado comercialmente de forma negativa, pode não ser bem recebido pelo consumidor.

Ao associar sua marca ao discurso do cancelamento e do linchamento virtual, sua empresa corre o risco de ser cancelada junto com o participante, ou até mesmo no lugar dele pelos fãs. Por isso, é preciso utilizar a estratégia e as oportunidades do BBB com cuidado, inteligência e coerência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *