Marketing / Gestão / Uncategorized

Como meus produtos podem aparecer no Google Shopping?

Sabe quando você faz a busca por um produto e, de imediato, aparecem algumas opções no início da página com […]

Como meus produtos podem aparecer no Google Shopping?

Sabe quando você faz a busca por um produto e, de imediato, aparecem algumas opções no início da página com ótimas opções e preços? A ferramenta responsável por esses anúncios que nem parecem ser promocionais, é o Google Shopping.

Essa plataforma foi criada, essencialmente, para descomplicar a procura de produtos pelos clientes. Com ela, é mais fácil descobrir ofertas de diferentes lojas virtuais, comparando o preço e até as avaliações dos consumidores sobre o que desejam adquirir.

Quer saber como seus produtos podem aparecer no Google Shopping? É só acompanhar este conteúdo até o final.

O que é o Google Shopping?

Se você conhece ou tem o costume de usar ferramentas como Buscapé, Bondfaro e Zoom para fazer comparativo de preço de produtos, terá facilidade para entender do que se trata o Google Shopping.

Esse segmento de comparadores de preço tornou-se muito popular entre os brasileiros, principalmente pela organização, praticidade e inteligência que as plataformas trazem às pesquisas de compra feitas pelos clientes.

O Google, entendeu essa tendência e lançou o Google Shopping em 2002. Essa decisão gerou ainda mais valor à experiência de consumo dos seus consumidores.

De forma objetiva, o Google Shopping é uma vitrine virtual de produtos das lojas cadastradas. E funciona como se fosse um shopping online mesmo.

Como mencionamos, ele exerce funções muito semelhantes ao o Buscapé ou o Zoom. O que difere é sua integração direta ao Google, ou seja, dependendo da busca, os produtos do Google Shopping são mostrados nos resultados patrocinados de pesquisa.

Além disso, o Google Shopping também possui a sua própria página. Neste espaço, os usuários podem buscar produtos conforme com sua categoria, marca ou utilizar o campo de busca para uma busca mais específica.

Como funciona o Google Shopping?

Vamos trazer um exemplo prático para você entender! Vá até o Google e pesquise por “smartphone” (pode ser outro produto também):

Como funciona o google shopping

Observe que os resultados aparecem acima dos links patrocinados. Eles já destacam uma foto, o título e o preço do produto e a loja que está vendendo.

Se você clicar na setinha dupla que sinaliza para a direita irão aparecer mais opções e ao final, a opção “Ver Tudo”. Nessa opção será apresentada a você uma página ainda mais completa do Google Shopping onde serão oferecidos outros resultados de produtos com mais informações:

Google shopping

Na aba lateral desta página, os clientes podem detalhar a sua pesquisa de acordo com o preço, as marcas, as características técnicas dos produtos e as lojas.

Como integrar o Google Shopping

Ao contrário do que muita gente imagina, anunciar no Google Shopping não é difícil.

O que você precisa pensar é: como criar campanhas que sejam eficientes e que tragam ROI (retorno sobre o investimento) positivo?

É com essa pergunta que você deve começar a configuração do feed de dados, até a decisão da melhor estratégia para a campanha.

O feed é muito semelhante com o arquivo XML que você já usa para os comparadores de preço normais.

O processo eficiente de como anunciar no Google Shopping inclui:

  1. Criar uma conta no Google Merchant Center;
  2. Criar e enviar um feed de dados (XML);
  3. Aguardar a liberação/aprovação dos produtos e
  4. Configurar a campanha no Google Ads.

Uma estratégia que irá facilitar a análise da suas métricas é utilizar a mesma conta Google para o cadastro no Adwords, Analytics e Merchant Center.

Todo o passo a passo de configuração do Merchant Center está disponível na Central de ajuda da ferramenta

É importante lembrar que seus anúncios não são exibidos com base em palavras-chave. Os fatores determinantes são os atributos dos produtos cadastrados.

Então, quanto mais detalhadas forem as informações dos produtos promovidos no Google Shopping, mais o motor de busca poderá criar uma correspondência mais próxima com as pesquisas feitas pelo público.

Fizemos uma relação com os principais dados a serem atribuídos aos produtos:

  • Identificadores exclusivos dos produtos (Pode ser a SKU);
  • Nomes dos produtos;
  • Descrições dos produtos;
  • Páginas de destino na loja;
  • URLs das imagens principais e adicionais;
  • Disponibilidade dos produtos;
  • Data limite de exibição do produto;
  • Preços promocionais;
  • Parcelamentos;
  • Medidas e dimensões;
  • Categorias dos produtos definidas pelo Google e por você;
  • Nome da marca, etc.

Quais formas de anunciar no Google Shopping?

Os produtos cadastrados no Google Merchant ficam disponíveis para a divulgação no Shopping.

No atual momento, existem 3 maneiras diferentes para fazer isso:

Exibição do produto no Shopping — o cliente terá acesso ao seu anúncio somente quando entrar na aba do G/Shopping;

Showcase Shopping — também chamado de anúncio de demonstração, possibilita criar coleções com produtos do mesmo anunciante, gerando a oportunidade de comparação;

Catálogo local — ótimo para quem já tem uma loja física, pois ajuda a direcionar o usuário para um estabelecimento indicado pelo anunciante.

Benefícios do Google Shopping

Listamos alguns ótimos motivos para você anunciar no Google Shopping.

Maior tráfego para sua loja virtual

Levando em conta que os resultados do Google são os primeiros a serem exibidos nos resultados de busca, é automático que eles atraiam um maior interesse dos usuários.

A taxa de cliques geralmente é bem maior do que os anúncios de texto, pois esse formato é bastante atrativo para os consumidores, já que muita gente nem percebe que trata-se de um anúncio.

Os clientes têm acesso, logo de início, a informações de preço e imagem do produto, dois dos elementos que mais influenciam na escolha de clicar e comprar.

Tags:, ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Chegou sua hora de crescer sem limites

Avalie por 10 dias grátis.

Crie sua loja