Gustavo Perina

26 de janeiro de 2021

Compartilhar

Como aumentar as vendas no Instagram

5 min de leitura

Para quem quer aumentar as vendas na internet, o Instagram é uma rede social bastante eficaz. Prova disso é seu grande alcance, já que superou a marca de 1 bilhão de usuários, sendo que, segundo pesquisa da Global Webindex,  mais de um terço deles utiliza os celulares para comprar. Outro dado relevante, divulgado pelo Facebook.Inc, é que 83% dos entrevistados apontaram o Instagram como uma opção que os auxilia a descobrir novos negócios, lojas virtuais, produtos e serviços

Somente por aí dá para ter uma ideia do que um planejamento bem estruturado pode fazer por suas vendas online, não é mesmo? Afinal, não basta somente ativar a sacolinha do Instagram, criar uma loja e esperar os clientes aparecerem. É imprescindível agir estrategicamente para se destacar da concorrência e chamar a atenção do público-alvo para a marca.

Foi pensando nisso que criamos esse artigo. Acompanhe e saiba como utilizar o recurso com sucesso!

Dica 1 - Tenha um perfil business

O primeiro passo para quem quer aumentar as vendas com o Instagram é criar uma conta profissional, a qual se diferencia de uma conta pessoal em diferentes aspectos. Além de trazer mais credibilidade para as marcas, ter um perfil business no Instagram é requisito básico para criar uma loja no Instagram Shopping, além de que é preciso contar com uma página no Facebook ou uma conta no Gerenciador de Negócios. Desse modo, os itens do catálogo do Facebook podem ser marcados com tags em posts do Instagram, gerando vendas direta pelo app.

Dica 2 - Tenha uma bio completa

Ao criar um perfil no Instagram, muitas empresas não dão a devida atenção à bio. Entretanto, é a bio quem dá as boas vindas aos visitantes e os impulsiona, ou não, a continuarem navegando pelo perfil. Por esse motivo, fazer uma descrição completa e estratégica sobre a marca é imprescindível. 

Como o espaço é restrito, até 150 caracteres, o que torna um tanto complexa a tarefa de sintetizar as informações mais importantes, alguns pontos que não podem faltar são incluir os dados como nome da marca, nicho de produtos, diferenciais, bem como oferecer aos usuários um canal de comunicação com o e-commerce, exibir a identidade da marca e sua proposta de valor única. 

Dica 3 - Mantenha um padrão de fotos com qualidade

Ao contrário de uma loja física, onde os consumidores podem ter contato com os produtos, vender em e-commerces como o Instagram Shopping requer fotos de alta qualidade, as quais mostrem os itens de forma atrativa e visualmente detalhada para os usuários. Afinal, no momento de comprar, quanto mais veracidade as imagens passarem sobre uma mercadoria, mais fácil o cliente tem a certeza de que está fazendo a compra certa. 

Dica 4 - Faça testes de melhor dia e horário para postagem

Uma das perguntas mais comuns de marcas que estão no Instagram é quais os melhores dias e horários para postagens. A verdade é que, por mais que haja indicações a respeito, cada tipo de público-alvo possui um comportamento na rede social. Por isso, a melhor forma de descobrir os períodos mais assertivos é fazendo testes. 

Sabemos que essa não é uma ação tão simples, já que os mesmos devem ser baseados em estimativas, de forma com que o processo seja facilitado. Uma sugestão, nesse caso, é utilizar o estudo Sprout Social 2020 como uma referência para os testes,  já que traz horários preferidos pelos públicos de diferentes nichos. Todavia, como citamos, somente o seu público-alvo pode apontar quais os melhores horários e dias para postagem.

Dica 5 - Saiba do que o seu público gosta e interaja nos Stories

Quem quer aumentar as vendas com o Instagram deve investir nos Stories, os quais dinamizam a rede social e permitem que as marcas compartilhem com seguidores momentos do dia a dia, novidades e outros assuntos que criem engajamento e os levem a visitarem o perfil da empresa. 

Para que os stories sejam assertivos, é importante que sejam baseados em temas de interesse do público, bem como envolvam as necessidades e desejos detectados pela marca.

Dica 6 - Tenha legendas interativas e com qualidade de informação

No momento de vender produtos pelo Instagram, a legenda das fotos funciona como uma chamada que estimula a compra. Por isso, é preciso criar call to actions, ou gatilhos, que incentivem os usuários a clicarem no produto, acessarem o site da loja virtual e interagirem com a marca. Além disso, utilizar perguntas e enquetes costuma criar engajamento.

Dica 7 - Saiba usar hashtags

As hashtags servem para que os usuários encontrem aquilo que procuram durante as pesquisas. Isso significa que são o atalho mais rápido para uma loja no Instagram. No entanto, para que a estratégia tenha sucesso, é preciso estar atento a alguns pontos. 

Um deles é o número de hashtags a serem utilizadas, já que apesar de ter um número máximo permitido de 30, para um bom engajamento o ideal são apenas 10 hashtags por post. Outra estratégia é explorá-las no primeiro comentário e descrição dos posts.

Dica 8 - Saiba como funciona o algoritmo do Instagram

Para ter um bom desempenho no Instagram, outra prática importante é conhecer o seu algoritmo, já que o mesmo leva em consideração  aspectos que tornam um assunto ou perfil relevante, fazendo com que tenham um maior alcance junto aos usuários. Uma ação que auxilia as marcas a rankearem melhor é seguir a ordem de salvar, depois compartilhar, em seguida comentar e por último curtir os posts.

Estar presente nas redes sociais, como é o caso do Instagram, traz uma série de vantagens, tanto em relação ao engajamento e relacionamento com o público quanto às vendas e a lucratividade.

Gostou do nosso conteúdo? Então acompanhe as redes sociais da Webstore e saiba mais sobre esse e outros assuntos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *