Gustavo Perina

29 de março de 2021

Compartilhar

Clubhouse: saiba tudo sobre a mais nova rede social de áudio

3 min de leitura

O Clubhouse é um dos principais assuntos do momento. A rede social, lançada em modo beta ainda em 2020, alcançou sucesso e popularidade há algumas semanas, despertando o interesse de celebridades e anônimos.

A plataforma, exclusiva para usuários de iPhone, funciona através de conversas por áudio e foi disseminada rapidamente em alguns dias. No mundo todo, segundo dados do próprio Google, a procura pelo Clubhouse no buscador cresceu 4.850% em uma semana.

O que é e como funciona o Clubhouse?

Idealizada pelo engenheiro industrial, Paul Davidson, e pelo cientista da computação, Rohan Seth, o Clubhouse é uma rede social de chats por áudio. São diversas salas de bate-papo, onde você pode entrar e sair de diferentes conversas ou criar a sua própria sala. Ao entrar em um chat, você é um membro da plateia e, caso queira falar, só precisa levantar a mão e esperar que os oradores lhe convidem.

No Clubhouse não é possível compartilhar fotos, vídeos e, diferentemente do que acontece em outras redes sociais, também não há opções para curtir, compartilhar ou fazer comentários escritos. Trata-se de uma rede social de áudio, onde tudo acontece em tempo real e não existe a alternativa de acessar conteúdos antigos.

Por que o famoso Elon Musk tem ligação com o Clubhouse?

Elon Musk, que acabou de ultrapassar Jeff Bezos e assumir a posição de homem mais rico do mundo, causou um grande movimento no Clubhouse ao fazer sua estreia em grande estilo. No dia 31 de janeiro, o CEO da Tesla e da SpaceX, anunciou que estava entrando no aplicativo para participar de um programa.

A movimentação fez o acesso à plataforma disparar, atingindo na sala do bilionário, rapidamente o número limite de membros na plateia, 5 mil pessoas, e gerando a criação de outras salas, onde os áudios também eram transmitidos para os fãs.

Como conseguir um convite para o Clubhouse?

Apesar dessa grande movimentação, o Clubhouse é ainda um aplicativo bastante exclusivo. Além de estar disponível apenas para usuários de iPhone, é preciso ter um convite para entrar na rede social de áudio.

Para quem tem interesse, é possível baixar o app e ingressar em uma lista de espera, sincronizada com os contatos do celular. Se você tiver algum amigo dentro da plataforma, ele pode autorizar a sua entrada na rede. No entanto, cada pessoa tem o direito de convidar apenas dois amigos.

Atualmente, o alto nível de interação no Clubhouse é a chave para liberação de mais convites, pois quanto mais a pessoa utiliza a rede social, mais gente pode convidar.

Por que apenas áudios são permitidos no app?

De acordo com os criadores do Clubhouse, a exclusividade da interação por voz foi uma escolha pautada neste meio especial de comunicação. A intenção deles é oferecer uma rede social com engajamento através de diálogos, onde o usuário possa interagir com naturalidade e conforto, sem a preocupação de uma câmera ligada, contato visual e todos os pormenores que as imagens trazem – como a preocupação com o que se está vestindo.

A ideia é que o app possa ser utilizado entre as atividades corriqueiras, sem impedimentos ou constrangimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *